Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Nyusi condena xenofobia na África do Sul e promete apoio aos moçambicanos repatriados

Filipe Nyusi, Presidente de Moçambique (DR)

VOA | William Mapote

O presidente moçambicano, Filipe Nyusi, manifestou hoje preocupação com a onda de violência xenófoba na vizinha África do Sul, que força o repatriamento de, pelo menos, 400 cidadãos do seu país.

“Mesmo conscientes de que esta acção não representa a maneira de ser do povo e do governo sul-africanos, queremos de forma veemente condenar estes actos xenófobos,” disse Nyusi.

Estima-se que mais de um milhão de moçambicanos ou descendentes residam na África do Sul.

Nesta sua primeira reacção à situação de xenofobia, que já levou a que mais de 500 moçambicanos ficassem desalojados e despojados dos seus bens, Nyusi disse que o seu governo já encetou contactos com a Organização Internacional das Migrações, que assegura o repatriamento de moçambicanos.

Internamente, os retornados serão apoiados pelo Instituto Nacional de Gestão de Calamidades.

Nyusi disse também que o governo está a acompanhar a situação, de modo a proteger os bens dos moçambicanos residentes na África do Sul.

Por outro lado, o estadista exortou os moçambicanos a absterem-se da retaliação.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »