- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Polémica mesmo após a morte: Mugabe vai ser enterrado em monumento nacional...

Polémica mesmo após a morte: Mugabe vai ser enterrado em monumento nacional contra vontade da família

Robert Mugabe, antigo Presidente do Zimbabwe, que morreu na passada semana, aos 95 anos, num hospital de Singapura, onde estava a ser tratado a um problema de saúde, não deixou para trás a polémica que o envolveu nos últimos anos de governação até ter sido deposto num golpe militar em Novembro de 2017.

O antigo ditador que esteve à frente dos destinos do Zimbabwe desde 1980 até 2017, primeiro, até 1987, como primeiro-ministro, e depois como Presidente, viveu envolto em fortes polémicas nos últimos anos de governação e de vida, situação que permanece, desta feita porque o Estado pretende colocar os seus restos mortais num monumento nacional situado próximo de Harare enquanto a sua família exige que seja cumprido o seu desejo, expresso em carta escrita em vida, de ser enterrado na sua terá natal, com a presença de familiares e amigos.

Porém, avança o NJOnline, o ministro dos Negócios Estrangeiros enviou uma carta, citada pelas agências, às embaixadas na capital zimbabueana, explicando que Robert Mugabe seria sepultado num local inserido no Estádio Nacional, com honras de Herói Nacional, embora o documento não especifique as condições ou local exacto onde serão depositados os restos mortais daquele que foi um libertador do povo e um opressor desse mesmo povo.

O Zimbabwe, antiga colónia britânica, obteve a independência de Londres em 1965, tendo, no entanto, ficado, como Rodésia, sob um regime dominado, com punho de ferro, pela minoria branca, que foi derrubado por nacionalistas negros, com Mugabe em lugar de destaque, em 1980, após um acordo, passando à denominação actual.

Até final da década de 1990, o Zimbabwe viveu um clima de progresso e desenvolvimento invejável no contexto africano, tendo Mugabe mantido relações cordiais com a comunidade branca, que acabou por hostilizar na última década do seu “reinado”, coincidindo isso com o descalabro económico que o país atravessa e do qual o novo Presidente, Emmerson Mnangagwa, que foi seu vice-Presidente e companheiro de luta contra o regime anterior, não parece estar a conseguir libertar-se.

Apesar da oposição da família e da sua carta a expressar vontade em ficar sepultado na sua terra, Zvimba, Mugabe vai mesmo ser, no próximo fim-de-semana, enterrado em Harare, com honras de Herói Nacional.

Segundo a imprensa zimbabueana, Mugabe não queria ficar no campo reservado aos heróis nacionais por sentir que tinha sido vilipendiado pelos militares aquando do seu afastamento do poder, em Novembro de 2017.

As cerimónias fúnebres de dois dias terão lugar após a chegada dos seus restos mortais de Singapura.

- Publicidade -
- Publicidade -

Comité Central do MPLA analisa a situação do País

O Comité Central do MPLA reúne-se, hoje, na quarta sessão ordinária, para analisar a situação política, económica e social do país, além de questões...
- Publicidade -

Esfaqueamento em Nice: Pelo menos três mortos e vários feridos no interior de uma igreja

Pelo menos três pessoas morreram e várias ficaram feridas, num esfaqueamento, ocorrido na cidade francesa de Nice. O ataque aconteceu esta manhã, numa igreja....

Ministro Téte António desloca-se ao Congo Brazzaville

O ministro das Relações Exteriores, Téte António, deslocou-se, esta quinta-feira, ao Congo Brazzaville. Segundo uma nota de imprensa a que a ANGOP teve acesso, Téte...

Covid-19: Síntese Nacional

O quadro epidemiológico nacional registou, até às 19 horas desta quarta-feira, 203 novos casos, 46 pacientes recuperados e quatro óbitos. Entre os novos pacientes consta...

Notícias relacionadas

Comité Central do MPLA analisa a situação do País

O Comité Central do MPLA reúne-se, hoje, na quarta sessão ordinária, para analisar a situação política, económica e social do país, além de questões...

Esfaqueamento em Nice: Pelo menos três mortos e vários feridos no interior de uma igreja

Pelo menos três pessoas morreram e várias ficaram feridas, num esfaqueamento, ocorrido na cidade francesa de Nice. O ataque aconteceu esta manhã, numa igreja....

Ministro Téte António desloca-se ao Congo Brazzaville

O ministro das Relações Exteriores, Téte António, deslocou-se, esta quinta-feira, ao Congo Brazzaville. Segundo uma nota de imprensa a que a ANGOP teve acesso, Téte...

Covid-19: Síntese Nacional

O quadro epidemiológico nacional registou, até às 19 horas desta quarta-feira, 203 novos casos, 46 pacientes recuperados e quatro óbitos. Entre os novos pacientes consta...

Terminal de passageiros do Porto de Cabinda a 70% de execução

As obras do quebra-mar e do terminal de passageiros do Porto de Cabinda apresentam uma execução física de 65 e 70 por cento, anunciou,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.