InicioMundoEuropa'Não é atitude de presidente': Macron, Merkel e Piñera criticam Bolsonaro

‘Não é atitude de presidente’: Macron, Merkel e Piñera criticam Bolsonaro

Durante o encontro do G7, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, foi tema de discussão entre os líderes mundiais.

O Brasil se tornou foco da atenção mundial devido ao recorde de incêndios ocorridos na floresta amazónica no ano de 2019.

Segundo a Sputnik, durante a cimeira do G7 o tema foi debatido sob a liderança do presidente da França, Emmanuel Macron, que chegou a trocar farpas com o presidente brasileiro.

Nesta segunda-feira (9), foi revelado um vídeo pela emissora CNews – legendado pelo site UOL – que mostra os bastidores do G7. No vídeo, o presidente da França, Emmanuel Macron, dialoga com o presidente do Chile, Sebastian Piñera e com a chanceler alemã, Angela Merkel.

Durante o diálogo, Macron tece duras críticas a Bolsonaro, ao que Merkel e Piñera concordam. Eles discutiram os insultos de Bolsonaro contra a esposa de Macron. Durante a conversa em inglês o francês disse “tinha que reagir”, recebendo apoio de Piñera e Merkel.

“Eu queria ser pacífico. Queria ser correto, construtivo com o cara [Bolsonaro] e respeitar a sua soberania. Tudo bem. Mas eu não poderia aceitar isso”, disse o francês.

No mesmo vídeo, Macron também recorda um episódio em que o brasileiro cancelou uma reunião com o chanceler francês e depois apareceu num vídeo na internet a cortar o cabelo.

“Ele [Bolsonaro] o deveria receber [o chanceler francês] e cancelou no último minuto para ir cortar o cabelo. E filmou a si mesmo. Desculpa, mas isso não é a atitude de um presidente”, concluiu.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.