Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Espírito patriótico pode internacionalizar identidade angolana

Ministra da Cultura (Arquivo Angop)

A ministra da Cultura, Maria da Piedade de Jesus, exigiu, nesta segunda-feira, em Luanda, aos quadros do sector espírito patriótico, coesão e harmonia para a concretização das acções ligadas a preservação, divulgação e internacionalização da identidade cultural angolana, avança a Angop.

A dirigente que falava na cerimónia de posse de novos quadros nomeados recentemente, afirmou que a execução e concretização das acções exigem dos funcionários do departamento ministerial um espírito de entrega, compromisso para com a missão atribuída e, acima de tudo, colaboração.

De acordo com a ministra, a conjugação de esforços e de ideias contribuirá para se levar a bom porto a missão de falar e tratar da cultura dentro e fora de portas.

“A vossa missão começa já com a Bienal de Luanda –Fórum Pan-Africano para a Cultura de Paz que exige de todos nós uma entrega total e comprometida”, reforçou a ministra.

Nesta segunda-feira, Maria da Piedade de Jesus conferiu posse aos directores do Gabinete Jurídico, de Formação Artística, do Instituto Angolano do Cinema e Audiovisual, do Direitos de Autor e Conexo, do Instituto Nacional das Industriais Criativas e Culturais, da Directora do Gabinete da Ministra, consultores e directores-adjuntos dos institutos tutelados.

A cerimónia contou com a presenças dos secretários de Estado, João Constantino, Aguinaldo Cristóvão, e quadros seniores do Ministério da Cultura.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »