Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Mulher de ex-presidente das Honduras condenada a 58 anos de prisão

Um tribunal de Tegucigalpa condenou na quarta-feira a 58 anos de prisão a ex-primeira dama das Honduras Rosa Elena Bonilla, mulher do ex-Presidente Porfírio Lobo (2010–2014), por crimes de corrupção.

Bonilla foi condenada a 10 anos de prisão por apropriação indevida e a seis anos por cada um dos oito delitos de fraude, que somam 48, para “um total de 58 anos de reclusão”, disse aos jornalistas o porta-voz do Supremo Tribunal de Justiça, Carlos Silva.

Segundo o DN que cita a Lusa, a ex-primeira dama não se deslocou ao tribunal, nem o marido, que esteve nas últimas audiências em agosto, nas quais Bonilla foi declarada culpada por apropriação indevida de recursos do Estado e fraude.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »