InicioMundoAmérica CentralMulher de ex-presidente das Honduras condenada a 58 anos de prisão

Mulher de ex-presidente das Honduras condenada a 58 anos de prisão

Um tribunal de Tegucigalpa condenou na quarta-feira a 58 anos de prisão a ex-primeira dama das Honduras Rosa Elena Bonilla, mulher do ex-Presidente Porfírio Lobo (2010–2014), por crimes de corrupção.

Bonilla foi condenada a 10 anos de prisão por apropriação indevida e a seis anos por cada um dos oito delitos de fraude, que somam 48, para “um total de 58 anos de reclusão”, disse aos jornalistas o porta-voz do Supremo Tribunal de Justiça, Carlos Silva.

Segundo o DN que cita a Lusa, a ex-primeira dama não se deslocou ao tribunal, nem o marido, que esteve nas últimas audiências em agosto, nas quais Bonilla foi declarada culpada por apropriação indevida de recursos do Estado e fraude.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.