Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

EUA anunciam ajuda de USD120 milhões para ajudar imigrantes venezuelanos

(DR)

Reuters

Os Estados Unidos darão 120 milhões de dólares em assistência humanitária para ajudar a América Latina a lidar com a chegada de milhões de venezuelanos imigrantes fugindo de uma grave crise econômica, disse o Departamento de Estado nesta quarta-feira.

Mais de quatro milhões de venezuelanos fugiram do país nos últimos anos, em meio a uma revolta política e ampla escassez de comida e remédios.

“Os fundos adicionais fornecerão apoio vital, inclusive alimentação de emergência e ajuda médica, para venezuelanos vulneráveis em Colômbia, Equador, Brasil e ao redor da região”, disse o comunicado.

“Saudamos a Colômbia e países vizinhos pelo seu contínuo apoio e pedimos que outros doadores façam mais contribuições para ajudar a lidar com a crise”, acrescentou o comunicado.

A Colombia recebeu mais imigrantes venezuelanos do que qualquer outro país – atualmente sendo a casa de mais de 1,4 milhão. Centenas de milhares de outros residem em Equador, Peru, Chile, Brasil e outros países.

Os Estados Unidos afirmaram semana passada que fornecerão 12 mil doses de remédios contra o HIV para imigrantes venezuelanos na Colômbia, parte de esforços para lidar melhor com a saúde de imigrantes e impedir a propagação da doença.

Ao contrário de seus vizinhos, a Colômbia não impôs rigorosas exigências de imigração e, ao contrário, encorajou imigrantes a entrarem no país informalmente para se registar com as autoridades, para que possam acessar serviços sociais.

Colômbia e Venezuela não mantêm relações diplomáticas e a Colômbia, ao lado dos Estados Unidos, figura entre os mais de 50 países que não reconhecem Maduro como presidente da Venezuela, apoiando o líder da oposição Juan Guaidó.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »