Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Bastonária denuncia existência de falsos médicos no país

ELISA GASPAR - BASTONÁRIA DA ORDEM DOS MÉDICOS DE ANGOLA (ARQUIVO) (FOTO: BRAÚLIO PEDRO)

Angop

A bastonária da Ormed (Ordem dos Médicos de Angola), Elisa Gaspar, afirmou hoje (quinta-feira), em Luanda, existirem falsos médicos no país, sem contudo avançar números.

Fez saber que todos os dias são detectados um ou mais falsos médicos, pelo que a instituição está a retirar os falsos médicos cadastrados na organização e vai continuar a trabalhar para a descoberta de outros.

A responsável fez esta afirmação no 29º Conselho Consultivo do Ministério da Saúde (MINSA), que decorre de 5 a 6 deste mês, sob o lema “Alcançar a cobertura universal da saúde: Não deixar ninguém para trás rumo à construção de uma Angola saudável”, onde apresentou as linhas de acção da Ordem.

Fez saber que desde a sua eleição, em Abril deste ano, e em função do programa gizado, começou por conhecer a “casa” e a orientar o recadastramento dos médicos, processo que permitiu detectar os falsos médicos.

A médica defendeu a formação de mais especialistas em vários domínios, porque o país necessita e há uma carência de quadros especializados, pelo que se propõe a trabalhar com o Ministério da Saúde para o cumprimento deste desiderato.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »