Radio Calema
InicioDestaquesMais de 12 mil famílias em zonas de risco no Zaire

Mais de 12 mil famílias em zonas de risco no Zaire

O Serviço de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB) tem, na sua base de dados, o registo de 12 mil e 122 famílias, que perfazem 72 mil e 732 pessoas, a residirem em zonas de risco iminente, nos seis municípios da província do Zaire.

Os dados foram divulgados pelo porta-voz interino da instituição, António Júnior, que falava à Angop à margem da campanha de sensibilidade dirigida a população residente em zonas consideradas de risco em quatro dos seis do Zaire.

O responsável apontou a existência 33 ravinas identificadas na província, sendo o município de Mbanza Kongo o mais afectado com 27, três no Tomboco, duas no Soyo e uma, no Nóqui.

A campanha, de carácter preventivo destina-se a evitar a contínua construção de residências nas encostas, próximos das valas de drenagem das águas pluviais e em áreas consideradas pantanosas.

De acordo com o responsável, o desacato das orientações resultaram, na época chuvosa transacta, em quatro mortes por afogamento em valas de drenagem e 15 feridos.

Trezentas e oitenta e duas residências foram destruídas e 288 inundadas, no período em análise, nos municípios de Mbanza Kongo, Soyo, Nóqui e Tomboco.

A campanha de sensibilização, com a duração de 10 dias, segundo o interlocutor, conta com o envolvimento das administrações municipais e comunais, autoridades tradicionais e do gabinete técnico da Direcção das Infra-Estruturas do governo provincial.

A província subdivide-se em seis municípios e 25 comunas, com uma população estimada em 594 mil e 428 habitantes.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.