Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Associação de Moto-Taxis realiza triagem a estrangeiros ilegais

(DR)

A associação dos Moto-taxis de Cabinda (AMTC) vai levar a cabo nos próximos dias, uma acção conjunta com alguns órgãos de defesa e segurança, para o combater a proliferação nos serviços de moto-taxi de estrangeiros ilegais, com realce para os cidadãos da RD Congo.

Em declarações, nesta terça-feira, à Angop, o presidente da associação dos moto-taxis de Cabinda, Elias António, indicou que a agremiação controla 229 associados e esse número tem variado em função da adesão dos motoqueiros.

A acção vai se desenvolvido em conjunto com a Polícia Nacional, Serviços de Migração e Estrangeiros (SME), Serviço de Investigação Criminal (SIC) e a Direcção de Viação e Trânsito (DTV).

Segundo o responsável da associação, há muito que se constata uma grande afluência de cidadãos estrangeiros ilegais que exercem actividades de moto-taxi na província.

Elias António apelou aos motoqueiros de Cabinda, o uso de dois capacetes e se fazerem acompanhar do bilhete de identidade, passe da associação, colete, incluindo documentos do meio (moto).

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »