- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Líder do CDS admite "geringonça à direita" na Madeira

Líder do CDS admite “geringonça à direita” na Madeira

DN|Lusa

Assunção Cristas admitiu a possibilidade de o seu partido ser a “chave” para a governação na Madeira, caso os resultados das eleições legislativas nesta região autónoma no próximo dia 22 de setembro não se traduzam numa maioria absoluta do PSD.

“A receita que funcionou para o continente em 2015, pode acontecer agora na Madeira em 2019”, disse a líder do CDS em entrevista à Lusa, considerando que o CDS/Madeira “durante estes [últimos] quatro anos fez um trabalho muito intenso de oposição construtiva, tem muitas propostas e, de facto, pode ser uma chave da governação para o próximo governo regional”.

Segundo Assunção Cristas, que se mantém expectante em relação ao assunto, a preocupação do CDS/Madeira, cuja autonomia quer salvaguarda, o trabalho do partido tem sido muito de explicação das suas propostas, “pedindo força para que elas possam ser aplicadas de forma mais consistente”.

Nas regionais da Madeira, o PSD, que lidera o governo regional com maioria absoluta, e o CDS apresentam-se, em separado, às eleições.

- Publicidade -
- Publicidade -

PR nomeia Jomo Fortunato ministro da Cultura

Em nota, a Casa Civil refere que antes, noutro decreto, o Presidente da República exonerou Adjany da Silva Freitas Costa, do cargo de ministra...
- Publicidade -

Última Hora: Libertados três jornalistas e um motorista detidos em manifestação no sábado em Luanda

Os três jornalistas e um motorista da Rádio Essencial que foram detidos no sábado, durante uma manifestação, em Luanda, foram libertados hoje à tarde,...

Movimento ameaça voltar às ruas se houver julgamento de manifestantes detidos

Autoridades negam, mas participantes e dirigentes da UNITA insistem que houve uma morte devido à repressão violenta do protesto de sábado em Luanda. Movimento...

UNITA diz que Lei Eleitoral de Angola deve estar alinhada com modelo da SADC

O general na reforma Abílio Kamalata Numa pediu a alteração da Lei Eleitoral de Angola, sugerindo que esteja alinhada com a lei-modelo da Comunidade...

Notícias relacionadas

PR nomeia Jomo Fortunato ministro da Cultura

Em nota, a Casa Civil refere que antes, noutro decreto, o Presidente da República exonerou Adjany da Silva Freitas Costa, do cargo de ministra...

Última Hora: Libertados três jornalistas e um motorista detidos em manifestação no sábado em Luanda

Os três jornalistas e um motorista da Rádio Essencial que foram detidos no sábado, durante uma manifestação, em Luanda, foram libertados hoje à tarde,...

Movimento ameaça voltar às ruas se houver julgamento de manifestantes detidos

Autoridades negam, mas participantes e dirigentes da UNITA insistem que houve uma morte devido à repressão violenta do protesto de sábado em Luanda. Movimento...

UNITA diz que Lei Eleitoral de Angola deve estar alinhada com modelo da SADC

O general na reforma Abílio Kamalata Numa pediu a alteração da Lei Eleitoral de Angola, sugerindo que esteja alinhada com a lei-modelo da Comunidade...

Seis jornalistas detidos na manifestação

O presidente do Sindicato dos Jornalistas de Angola (SJ) lamentou hoje a actuação da polícia durante a manifestação de sábado em Luanda e informou...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.