- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Professores na Lunda Norte pedem formação contínua

Professores na Lunda Norte pedem formação contínua

Angop

Os professores na Lunda Norte solicitaram mais aprimoramento técnico e pedagógico, através de acções de formações regulares, para melhor eficácia no processo de ensino.

A solicitação vem expressa nas recomendações do 1º Workshop sobre o ponto de situação da qualidade de ensino e aprendizagem na Lunda Norte, promovido pelo Gabinete provincial da Educação, de 29 a 30 de Agosto.

No documento, enviado hoje (segunda-feira), os docentes solicitam igualmente que se dedique uma atenção especial ao ensino da primeira infância, por ser o ponto de partida para a formação de quadros qualificados, bem como maior rigor por parte da inspecção na avaliação dos docentes.

Consideraram fundamental que se produza informações reais sobre o desempenho dos docentes, com vista a se diagnosticar possíveis deficiências no processo de ensino e aprendizagem, para a criação de medidas e/ou estratégias que possam ajudar a melhorar o desempenho do professor.

Durante o workshop os participantes discutiram temas como “Desafios e perspectivas da educação na primeira Infância”, “Alfabetização”, “Compromisso dos Professores, Alunos, Pais e Encarregados de Educação no processo de ensino e aprendizagem”, entre outros.

A província da Lunda Norte conta com 172 escolas (mil e 665 salas de aulas), sendo 83 escolas primárias (785 salas), 68 complexos escolares (726 salas), sete colégios (61 salas), seis liceus (56 salas), dois Institutos técnicos e seis Magistérios de formação de professores.

No presente ano lectivo foram matriculados 214 mil alunos em todos os subsistemas de ensino, assegurados por cinco mil e 156 professores, distribuídos em mil 665 salas de aulas.

Para absorver a demanda da população estudantil, a província necessita de mil 492 salas de aulas, 37 mil 340 carteiras, 833 quadros e três mil 577 professores.

- Publicidade -
- Publicidade -

Ainda sobre os enganos do discurso sobre o Estado da Nação: JLo atribui mais 6,1 mil milhões USD às RIL

ESTATÍSTICAS. Economistas consideram difícil entender lapso do Presidente da República que, ao invés de 9,3 mil milhões de dólares, disse que as Reservas Internacionais...
- Publicidade -

Activistas angolanos não cedem: Nova marcha a 11 de Novembro

Activistas culpam o Presidente João Lourenço pelos incidentes de sábado, durante a marcha em Luanda por melhores condições de vida. Segundo os organizadores, duas...

Vítimas em Cabo Delgado têm direito a ter uma história, diz Mia Couto

O escritor moçambicano Mia Couto apelou hoje à humanização do relato sobre o conflito armado em Cabo Delgado, norte do país, destacando a história...

Notícias relacionadas

Ainda sobre os enganos do discurso sobre o Estado da Nação: JLo atribui mais 6,1 mil milhões USD às RIL

ESTATÍSTICAS. Economistas consideram difícil entender lapso do Presidente da República que, ao invés de 9,3 mil milhões de dólares, disse que as Reservas Internacionais...

Activistas angolanos não cedem: Nova marcha a 11 de Novembro

Activistas culpam o Presidente João Lourenço pelos incidentes de sábado, durante a marcha em Luanda por melhores condições de vida. Segundo os organizadores, duas...

Vítimas em Cabo Delgado têm direito a ter uma história, diz Mia Couto

O escritor moçambicano Mia Couto apelou hoje à humanização do relato sobre o conflito armado em Cabo Delgado, norte do país, destacando a história...

Rui Pinto e Júdice? “Ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão…”

"Já lá diz a sabedoria popular: ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão..." Foi desta forma que Ana Gomes reagiu, no Twitter,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.