InicioMinistériosMinistério do Ordenamento do TerritórioMinistro Adão de Almeida ausculta problemas das comunidades no Bié

Ministro Adão de Almeida ausculta problemas das comunidades no Bié

Angop

O ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, manteve nesta quinta-feira um encontro de trabalho com os membros de auscultação e concertação social, para se inteirar das preocupações que afligem as populações, no quadro da visita que realiza à província do Bié.

Na ocasião, o regedor da comuna do Trumba, município do Cuito, Cornélia Camoli, destacou algumas necessidades das comunidades, nomeadamente a insuficiência de escolas e de professores, para garantir o sistema de ensino e aprendizagem, bem como enfermeiros, medicamentos e materiais gastáveis nas unidades sanitárias na vila.

Alertou para a necessidade de evitar-se a distribuição tardia de fertilizantes durante as campanhas agrícolas, sublinhando que tal situação tem comprometido os resultados da colheita dos camponeses.

Em resposta às preocupações apresentadas, Adão de Almeida assegurou que o Governo, sob liderança do Presidente da República, João Lourenço, trabalha para a melhoria da qualidade de vida da população, tendo salientando que para o sector da Educação continua-se com a construção de mais salas de aula e admissão de novos professores.

Sem avançar números, salientou que para o sector da Saúde prevê-se igualmente, ainda este ano, a abertura de concurso de ingresso de novos profissionais (médicos, enfermeiros e pessoal de apoio), visando assegurar o funcionamento das unidades sanitárias.

Em relação ao fornecimento de água potável, energia eléctrica e melhoria das vias de acesso, Adão de Almeida pediu calma aos membros do CAC, salientando que o Governo tudo fará para se ultrapassar as inquitações, com a finalidade de salvaguardar o bem-estar das famílias.

Participaram no encontro o governador do Bié, Pereira Alfredo, entre outros responsáveis.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.