Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Ex-vice-presidente argentino condenado a três anos de prisão

(DR)

Reuters

Amado Boudou, ex-vice-presidente de Cristina Kirchner (2007-2015), foi condenado a três anos de prisão nesta quinta-feira por adulterar papéis de um carro que vendeu, mas foi absolvido em outro caso, envolvendo a compra de veículos oficiais.

Considerado culpado por “negociações incompatíveis com o serviço público”, o político recebeu uma pena de três anos de prisão.

Após a leitura da sentença no tribunal, o ex-vice-presidente declarou: “Sou inocente. Divertiram a população com pão e circo, enquanto um pequeno grupo saqueava o povo argentino. Essas causas mostram como a Justiça é usada para perseguir”.

Cristina Kirchner ensaia uma volta ao governo, agora como vice na chapa do candidato à presidência Alberto Fernández, que foi o mais votado nas eleições primárias de 11 de agosto, com 47% dos votos, 16% à frente do atual presidente, Mauricio Macri.

As eleições presidenciais e legislativas estão previstas para 27 de outubro.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »