- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil Cardeal peruano diz que ajuda do G7 não ameaça soberania do Brasil

Cardeal peruano diz que ajuda do G7 não ameaça soberania do Brasil

O Brasil não coloca em risco sua soberania aceitando a ajuda do G7 para combater os incêndios na Amazônia, como afirma o presidente Jair Bolsonaro, avaliou o cardeal peruano Pedro Barreto, um dos promotores do sínodo amazônico no Vaticano, previsto para outubro.

“É preciso despertar a consciência da universalidade da Amazônia, da importância que tem para o mundo, portanto se fechar à experiência da solidariedade não tem qualquer cabimento”, disse o cardeal em entrevista coletiva em Lima, citado pela AFP.

Bolsonaro insiste que seu colega francês, Emmanuel Macron, se retrate por acusá-lo de “mentir” e por “não respeitar seus compromissos climáticos” e argumenta que a oferta de 20 milhões de dólares do G7, oferecida pelas principais potências ocidentais e o Japão, para combater incêndios, na verdade, procura “comprar a soberania do Brasil”.

“Li que Bolsonaro aceitaria esta ajuda se o presidente (francês, Emmanuel) Macron retirasse suas palavras. Aqui já não se trata de retirar ou não retirar palavras, se trata de buscar o bem comum acima de qualquer disputa pessoal”.

O cardeal manifestou sua preocupação porque “indiretamente a posição do presidente Bolsonaro está indicando que a Igreja não se meta em um território que lhe pertence”.

“Esta é a visão que temos, não é oficial, mas aqui é preciso dizer claramente que a Igreja católica é universal, não tem fronteiras”.

O sínodo sobre a Amazônia, que ocorrerá entre 6 e 26 de outubro no Vaticano, reunirá 250 bispos, incluindo 150 procedentes da região, que apresentarão recomendações ao Papa Francisco, que em sua encíclica “Laudato si” (2015) denunciou a exploração da selva amazônica por parte de “enormes interesses econômicos internacionais”.

– Defesa do sínodo –

Em meio à crise internacional devido aos incêndios na Amazônia, o cardeal peruano também defendeu o sínodo amazônico e descartou que vá interferir na soberania dos países, apesar de o Executivo brasileiro ter criticado o evento católico por essas razões.

Na Bolívia, 1,2 milhão de hectares de floresta foram queimados, enquanto no Brasil foram registrados 83.329 focos de incêndio, mais da metade (52,1%) na floresta amazônica, de janeiro até a tarde de terça-feira.

Barreto, um jesuíta como o papa, disse que a Igreja Católica realizou uma reunião em junho entre o secretário de Estado do Vaticano e os embaixadores dos países da Amazônia para esclarecer quaisquer preocupações sobre o sínodo. O Brasil enviou um representante.

“Expliquei o que a Repam faz e que eles não devem se assustar porque a Igreja não é contrária à identidade de cada país, mas (busca) que os países que compõem a Amazônia devem ficar unidos e esclarecidos em relação à vida e à Amazônia como um bioma”, acrescentou, referindo-se à Rede Eclesial Pan-Amazônica (Repam).

Os países amazônicos são Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela, além do território ultramarino da Guiana Francesa.

– Plantios de soja –

Em janeiro de 2018, o papa Francisco visitou Puerto Maldonado, uma cidade peruana cercada pela floresta amazônica, e diante de milhares de peruanos, brasileiros e bolivianos indígenas denunciou “a forte pressão dos grandes interesses econômicos que cobiçam o petróleo, o gás, a madeira, ouro e os cultivos agroindustriais”.

Barreto alertou que o discurso de Bolsonaro, defensor do impulso da mineração na Amazônia e relutante em conceder mais territórios aos indígenas, pode criar mais problemas.

“Se Bolsonaro continuar falando, vai chegar um momento em que a população mundial e as autoridades mundiais vão dizer: ‘ouça, você não é o dono da Amazônia, você não pode desmatar toda a Amazônia porque isto afeta a todos nós”.

“O Brasil é um dos primeiros exportadores de soja do mundo e com este incêndio vão ter mais campo para plantar, e aí vão atingir as populações brasileiras por dinheiro, mas o dinheiro não deve mandar, assim disse o papa”.

“Há gente que enche as malas [de dinheiro] e vai embora da Amazônia; a Igreja fica e ficará até o final”, concluiu o cardeal.

- Publicidade -
- Publicidade -

Davis “veste capa” de herói na vitória dos Lakers

Com um lançamento em cima do apito final, garantindo a vitória dos Los Angels Lakers, por 105-103, Anthony Davis foi o herói do jogo,...
- Publicidade -

Banco de Isabel dos Santos em Cabo Verde lucrou seis milhões de euros em 2019

Empresária angolana diz estar a ser vítima de um ataque político orquestrado para a neutralizar. O banco BIC Cabo Verde (BIC-CV), participado maioritariamente pela empresária...

Especialistas em leitura labial dizem que Neymar foi chamado de macaco

Especialistas em leitura labial confirmaram neste domingo, em entrevista à TV Globo, que Neymar foi alvo de racismo por parte do ponta de lança...

Tik Tok poderá operar nos Estados Unidos graças a acordo com Oracle

Nos Estados Unidos, o presidente Donald Trump disse que vai dar luz verde a um acordo que permite ao Tik Tok continuar a operar...

Notícias relacionadas

Davis “veste capa” de herói na vitória dos Lakers

Com um lançamento em cima do apito final, garantindo a vitória dos Los Angels Lakers, por 105-103, Anthony Davis foi o herói do jogo,...

Banco de Isabel dos Santos em Cabo Verde lucrou seis milhões de euros em 2019

Empresária angolana diz estar a ser vítima de um ataque político orquestrado para a neutralizar. O banco BIC Cabo Verde (BIC-CV), participado maioritariamente pela empresária...

Especialistas em leitura labial dizem que Neymar foi chamado de macaco

Especialistas em leitura labial confirmaram neste domingo, em entrevista à TV Globo, que Neymar foi alvo de racismo por parte do ponta de lança...

Tik Tok poderá operar nos Estados Unidos graças a acordo com Oracle

Nos Estados Unidos, o presidente Donald Trump disse que vai dar luz verde a um acordo que permite ao Tik Tok continuar a operar...

Privatização da rede de hotéis Infotur autorizada por despacho Presidencial

Os quatro hotéis da rede Infotur, no Namibe, Huíla, Benguela e Cabinda acabam de ver publicada em despacho Presidencial a abertura de concurso para...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.