- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Ethiopian Airlines lança voos de carga para Bangkok e Hanói

Ethiopian Airlines lança voos de carga para Bangkok e Hanói

Portal de Angola | Diniz Kapapelo

A Ethiopian Airlines Cargo & Logistics Services iniciou um serviço semanal de transporte de carga para Bangkok – Tailândia e Hanói – Vietname, disponível desde a primeira quinzena de Agosto.

Em relação ao novo serviço, o CEO da Ethiopian Airlines, Sr. Tewolde Gebremariam comentou: “Este novo serviço de carga para Tailândia e Vietname, criará melhor conectividade para o transporte de carga, não apenas entre a Etiópia a Tailândia e o Vietname, mas também para mais de 60 destinos que servimos em África. Trata-se de Rotas comerciais e a abertura dessa rota faz da Ethiopian Airlines a primeira companhia aérea africana a operar voos de carga a partir de Bangkok e também criará uma melhor oportunidade para os exportadores Tailandeses e Vietnamitas terem acesso único aos mais de 60 destinos africanos que a Ethiopian Airlines atende”.

Operando com aeronaves de carga de última geração e com o maior terminal de passageiros, carga e descarga de África, a Ethiopian Cargo & Logistics Services facilita a exportação de bens perecíveis, roupas, produtos de mineração e a importação de produtos e insumos industriais de alto valor, farmacêuticos, entre outros, em sua rede global.

Até 2025, a Ethiopian Cargo & Logistics Services prevê tornar-se num centro de lucro completo do Grupo, com uma receita anual de 2 bilhões de dólares, 19 aeronaves dedicadas ao transporte anual de 820.000 toneladas a 57 destinos internacionais.

Sobre a Ethiopian Airlines
A Ethiopian Airlines é a companhia aérea com o crescimento mais rápido de África. Nos seus setenta (70) anos de operações, a companhia tornou-se numa das principais operadoras do continente, singular em eficiência e sucesso operacional.

Constituída em Dezembro de 1945, a Ethiopian Airlines iniciou as suas operações a 8 de Abril de 1946, expandindo para voos internacionais em 1951. A empresa tornou-se numa companhia de acções em 1965 e mudou o seu nome de Ethiopian Air Lines para Ethiopian Airlines.

A Ethiopian Airlines estende as suas operações à Europa, América do Norte, América do Sul, África, Médio Oriente e Ásia, conectando cidades em todo o mundo. A companhia aérea está actualmente implementando o seu plano estratégico de 15 anos chamado “Visão 2025” com o objectivo de se tornar o principal grupo de aviação de África. A Ethiopian Airlines, se orgulha de ser membro da Star Alliance desde Dezembro de 2011.

- Publicidade -
- Publicidade -

Brasil entra na lista de 17 nações compradoras de medicamento russo eficaz contra COVID-19

Avifavir, medicamento contra o novo coronavírus, tem sido amplamente utilizado em clínicas russas desde junho, e desde então foi adquirido por hospitais em vários...
- Publicidade -

Sonils terá engordado bolsos de ‘accionistas fantasmas’ com preços sobrefacturados

Documentos na posse do VALOR revelam redução significativa dos preços na logística dos petróleos, a partir de 2017, e fontes do sector garantem que...

Kim Jong-un pede desculpas por “vergonhoso” assassinato de oficial sul-coreano

O Ministério da Defesa sul-coreano acusou a Coreia do Norte de matar e incinerar o seu corpo de forma a impedir a transmissão da...

A Polícia Nacional ainda comete muitos erros, diz Comandante Paulo Almeida

O comandante-geral da Polícia Nacional (PN), Paulo de Almeida, defendeu hoje a necessidade de instruir e preparar melhor os efectivos da corporação de forma...

Notícias relacionadas

Brasil entra na lista de 17 nações compradoras de medicamento russo eficaz contra COVID-19

Avifavir, medicamento contra o novo coronavírus, tem sido amplamente utilizado em clínicas russas desde junho, e desde então foi adquirido por hospitais em vários...

Sonils terá engordado bolsos de ‘accionistas fantasmas’ com preços sobrefacturados

Documentos na posse do VALOR revelam redução significativa dos preços na logística dos petróleos, a partir de 2017, e fontes do sector garantem que...

Kim Jong-un pede desculpas por “vergonhoso” assassinato de oficial sul-coreano

O Ministério da Defesa sul-coreano acusou a Coreia do Norte de matar e incinerar o seu corpo de forma a impedir a transmissão da...

A Polícia Nacional ainda comete muitos erros, diz Comandante Paulo Almeida

O comandante-geral da Polícia Nacional (PN), Paulo de Almeida, defendeu hoje a necessidade de instruir e preparar melhor os efectivos da corporação de forma...

Caso Edeltrudes Costa: Oposição exige esclarecimento público dos implicados e uma investigação urgente

Os partidos políticos da oposição exigem uma investigação "urgente" no que diz respeito às revelações feitas pela televisão portuguesa TVI 24 que atingem Edeltrudes...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.