- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Netanyahu ameaça Líbano e Hezbollah

Netanyahu ameaça Líbano e Hezbollah

RFI | Liliana Henriques

O Primeiro-Ministro israelita apelou o Líbano e o Hezbollah a terem cuidado com “as suas palavras e acções” depois de ambos terem acusado o Estado Hebreu de ter atacado no Domingo uma posição do Hezbollah no sul do Líbano com dois drones carregados com explosivos.

“Tomem cuidado com o que dizem e sobretudo com o que fazem” esta foi a advertência hoje feita por Benjamin Netanyahu ao Líbano e também ao Hezbollah que prometeu uma resposta “ao primeiro acto de agressão” de Israel desde 2006, referindo-se ao ao alegado ataque há dois dias contra um dos seus bastiões no sul do Líbano, uma hipótese que levou o Presidente libanês Michel Aoun a também qualificar de “declaração de guerra” esta ocorrência que não foi reivindicada por Israel.

Ainda ontem o chefe do governo do Estado Hebreu, cujo exército admite ter bombardeado no Sábado alvos na Síria, para supostamente impedir ataques com drones no seu território orquestrados pela força Al-Qods, unidade de elite dos guardiões da revolução iraniana, afirmou estar “disposto a defender o seu país por todos os meios necessários” face ao Irão que, na sua óptica, actua “em diversas frentes para cometer ataques mortíferos contra Israel”.

Hoje fontes próximas do movimento xiita libanês que Israel qualifica de organização terrorista referiram que, por sua vez, o Hezbollah está a preparar uma resposta “calculada” à alegada incursão de drones israelitas sobre Beirute.

Refira-se que já no passado, o Líbano foi palco da chamada “Guerra dos 33 dias”, um dos episódios do conflito israelo-árabe, em que o Estado Hebreu se envolveu em confrontos armados contra o Hezbollah e o exército libanês em Julho de 2006.

- Publicidade -
- Publicidade -

Inapem e BODIVA juntam-se para ajudar empresas a obter financiamentos

A Bolsa de Divida e Valores de Angola (Bodiva) e o Instituto de Nacional de Pequenas e Medias Empresas (Inapem) celebraram um protocolo que...
- Publicidade -

Covid-19: Angolanos na África do Sul lançam “grito” de socorro

Centenas de cidadãos angolanos retidos na África do Sul por força da pandemia do coronavírus voltaram a lançar, nesta quinta-feira, um pedido para o...

Moçambique e África Sul reabrem fronteiras

O presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, acredita que a reabertura das fronteiras entre Moçambique e África do Sul, prevista...

Criada Biblioteca Escolar na Orquestra Camunga

A iniciativa “Um Livro Uma criança Muitas Leituras” criou, na sexta feira, a Biblioteca Escolar da Orquestra Sinfónica Camunga, na Samba, Luanda, com a...

Notícias relacionadas

Inapem e BODIVA juntam-se para ajudar empresas a obter financiamentos

A Bolsa de Divida e Valores de Angola (Bodiva) e o Instituto de Nacional de Pequenas e Medias Empresas (Inapem) celebraram um protocolo que...

Covid-19: Angolanos na África do Sul lançam “grito” de socorro

Centenas de cidadãos angolanos retidos na África do Sul por força da pandemia do coronavírus voltaram a lançar, nesta quinta-feira, um pedido para o...

Moçambique e África Sul reabrem fronteiras

O presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, acredita que a reabertura das fronteiras entre Moçambique e África do Sul, prevista...

Criada Biblioteca Escolar na Orquestra Camunga

A iniciativa “Um Livro Uma criança Muitas Leituras” criou, na sexta feira, a Biblioteca Escolar da Orquestra Sinfónica Camunga, na Samba, Luanda, com a...

Migrantes ilegais fogem de quartel em Tavira

Um grupo de 17 migrantes ilegais fugiu, durante a madrugada desta quinta-feira, do quartel do exército, em Tavira. Oito já foram capturados pelas autoridades, sendo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.