- Publicidade-
InicioDestaquesColóquio internacional aborda Luta de Libertação Nacional

Colóquio internacional aborda Luta de Libertação Nacional

O Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (Portugal) e a Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto realizam, amanhã, um colóquio internacional sobre os ecos da história, memória, comemoração e silêncio na Luta de Libertação Nacional, escreve o JA.

A decorrer sob o lema “Memória da luta e guerra de libertação de Angola contra o domínio colonial português”, o evento internacional procurará reunir investigadores e investigadoras bem como produtores de memória, cujo trabalho se tenha pautado pela disseminação e aprofundamento do conhecimento público sobre este tema.

O colóquio, a decorrer em parceria com a Associação Tchiweka e apoio do Instituto Camões, vai olhar de forma ampla e diversificada as questões da história e memórias da luta de libertação do país.

No primeiro painel, o evento vai abordar o tema sobre a clandestinidade do movimento de libertação nacional em Luanda no período de 1950 a 1960, que será apresentado pela professora Rosa Cruz e Silva.

O evento também vai re-lembrar os acontecimentos da Baixa de Kassanje (Janeiro a Fevereiro de 1961), em que será prelectora Maria da Conceição Neto. João Pedro Lourenço vai falar sobre a luta dos movimentos de libertação nacional de 1961 a 1975.

Outros temas como “Um lugar de memória invulgar da luta de libertação em risco de desaparecimento”, “A primeira edição da cartilha do guerrilheiro da UNITA e sua breve caracterização”, também serão apresentados no evento.

Durante a conferência vai ser exibido um documentário sobre a luta pela independência. Matérias e memórias de Agostinho Neto, Viriato da Cruz e Amílcar Cabral serão revisitadas no evento, que decorre no auditório da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, e será seguido da mostra do filme sobre a independência.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.