- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques PR nomeia novo director geral do SIC

PR nomeia novo director geral do SIC

O Presidente da República, João Lourenço, nomeou, neste sábado, o Comissário-Chefe Arnaldo Manuel Carlos, no cargo de Director Geral do Serviço de Investigação Criminal (SIC) do Ministério do Interior.

Segundo uma nota da Casa Civil, o oficial substituiu no cargo o Comissário-Chefe de Investigação Criminal Eugénio Pedro Alexandre, exonerado na mesma data, pelo Chefe de Estado.

De acordo com a Angop, foram também exonerados o Comissário Arnaldo Manuel Carlos, do cargo de Delegado do Ministério do Interior e Comandante da Polícia Nacional na Província da Huíla, e o Comissário de Investigação Criminal Pedro Pascoal Domingos Rodrigues, do cargo de Director do Gabinete do mesmo ministério.

A lista inclui ainda o Comissário de Investigação Criminal Carlos Manuel Alves, que deixa o cargo de Director Geral-Adjunto do SIC, e o Comissário de Investigação Criminal António Pereira Freire dos Santos, até então Director Geral-Adjunto do mesmo organismo (SIC) do Ministério do Interior.

Foram também exonerados o Comissário de Investigação Criminal António Pedro Amaro Neto, do cargo de Director Nacional de Operações do Serviço de Investigação Criminal do Ministério do Interior; o Comissário de Investigação Criminal Humberto José Belo Lopes Frade, do cargo de Director de Investigação de Acidentes do Serviço de Investigação Criminal do mesmo ministério.

João Lourenço exonerou igualmente o Sub-Comissário de Investigação Criminal Miguel Arcanjo Sumbo, do cargo de Director Provincial do SIC da Delegação Provincial do Ministério do Interior do Cuando Cubango, o Sub-Comissário de Investigação Criminal Almerindo João de Almeida, do cargo de Director Provincial do SIC da Delegação Provincial do Ministério do Interior de Benguela, e o Sub-Comissário de Investigação Criminal Mário António Francisco, do cargo de Director Provincial do SIC da Delegação Provincial do Ministério do Interior de Cabinda.

O Presidente da República exonerou o Comissário Bombeiro Principal Bênção Cavila Nyoka Abílio, do cargo de Comandante do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros do Ministério do Interior e o Comissário Gil Famoso Sebastião da Silva, do cargo de Director Geral do Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) do mesmo Ministério.

Noutros despachos, o Presidente da República nomeou o Comissário-Chefe de Investigação Criminal Eugénio Pedro Alexandre, para o cargo de Conselheiro do Ministro do Interior, o Comissário de Investigação Criminal Humberto José Belo Lopes Frade, para o cargo de Director Central de Operações do SIC do Ministério do Interior, o Comissário de Investigação Criminal Miguel Arcanjo Sumbo, para o cargo de Director Geral-Adjunto do SIC do Ministério do Interior.

O Comissário de Investigação Criminal Almerindo João de Almeida foi nomeado para o cargo de Director Geral-Adjunto do SIC do Ministério do Interior, e o Sub-Comissário de Investigação Criminal Mário António Francisco, para o cargo de Conselheiro do Director Geral do SIC do mesmo ministério.

O Presidente da República nomeou, também, o Comissário de Migração João António da Costa, para o cargo de Director Geral do Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) do Ministério do Interior, e o Comissário Bombeiro Bensau Mateus, para o cargo de Comandante do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros daquele mesmo departamento ministerial.

João Lourenço, na sua qualidade de Comandante-Em-Chefe das Forças Armadas Angolanas, ordenou a graduação ao Posto Policial de Comissário-Chefe, o Comissário Arnaldo Manuel Carlos, e ao Posto Policial de Comissário de Investigação Criminal o Sub-Comissário de Investigação Criminal Miguel Arcanjo Sumbo e o Sub-Comissário de Investigação Criminal Almerindo João de Almeida.

O Presidente da República, que se desloca domingo ao Japão, para participar na Conferência África-Japão, delegou poderes ao Ministro do Interior para conferir posse às entidades nomeadas.

- Publicidade -
- Publicidade -

Inapem e BODIVA juntam-se para ajudar empresas a obter financiamentos

A Bolsa de Divida e Valores de Angola (Bodiva) e o Instituto de Nacional de Pequenas e Medias Empresas (Inapem) celebraram um protocolo que...
- Publicidade -

Covid-19: Angolanos na África do Sul lançam “grito” de socorro

Centenas de cidadãos angolanos retidos na África do Sul por força da pandemia do coronavírus voltaram a lançar, nesta quinta-feira, um pedido para o...

Moçambique e África Sul reabrem fronteiras

O presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, acredita que a reabertura das fronteiras entre Moçambique e África do Sul, prevista...

Criada Biblioteca Escolar na Orquestra Camunga

A iniciativa “Um Livro Uma criança Muitas Leituras” criou, na sexta feira, a Biblioteca Escolar da Orquestra Sinfónica Camunga, na Samba, Luanda, com a...

Notícias relacionadas

Inapem e BODIVA juntam-se para ajudar empresas a obter financiamentos

A Bolsa de Divida e Valores de Angola (Bodiva) e o Instituto de Nacional de Pequenas e Medias Empresas (Inapem) celebraram um protocolo que...

Covid-19: Angolanos na África do Sul lançam “grito” de socorro

Centenas de cidadãos angolanos retidos na África do Sul por força da pandemia do coronavírus voltaram a lançar, nesta quinta-feira, um pedido para o...

Moçambique e África Sul reabrem fronteiras

O presidente da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, Agostinho Vuma, acredita que a reabertura das fronteiras entre Moçambique e África do Sul, prevista...

Criada Biblioteca Escolar na Orquestra Camunga

A iniciativa “Um Livro Uma criança Muitas Leituras” criou, na sexta feira, a Biblioteca Escolar da Orquestra Sinfónica Camunga, na Samba, Luanda, com a...

Migrantes ilegais fogem de quartel em Tavira

Um grupo de 17 migrantes ilegais fugiu, durante a madrugada desta quinta-feira, do quartel do exército, em Tavira. Oito já foram capturados pelas autoridades, sendo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.