- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Moçambique Junta Militar recusa negociar com a Renamo

Junta Militar recusa negociar com a Renamo

VOA | Ramos Miguel

O secretário-geral da Renamo, André Majibire, diz que a Junta Militar deve apresentar, formalmente, as suas reivindicações à direcção do partido, mas o general Mariano Nhongo afirma que não há nada a negociar com Ossufo Momade.

André Majibire apelou à Junta Militar a reconsiderar a sua posição de não reconhecer a liderança de Ossufo Momade, afirmando que a Renamo está aberta a dialogar com a dissidência.

“Eles são nossos irmãos e por isso devem apresentar as suas reivindicações ao partido, duma forma oficial”, afirmou o secretário-geral.

Contudo, o presidente da Junta Militar da Renamo, Mariano Nhongo, diz que “não há nada a negociar com Ossufo Momade e sua equipa, eu é que sou o presidente da Renamo, eleito pelos militares”.

Nhongo afirmou ainda não haver qualquer tipo de contacto com Ossufo Momade, a quem acusa de, em conluio com o Governo, “pretender destruir a Renamo”.

“Querem que eu negoceie com Ossufo Momade, negociar o quê?”, interroga-se Mariano Nhongo, que acusa também o Governo de ” esconder o acordo que assinou com Afonso Dhlakama” sobre a desmobilização dos guerrilheiros.

Fonte governamental disse, no entanto, que no diálogo com a Renamo, o Executivo está a observar tudo o que havia sido acordado com Afonso Dhlakama.

Entretanto, Yaqub Sibindy, que se diz defensor da causa da Junta Militar da Renamo, afirma que “pedir para esta reconsiderar a sua posiçã, é ignorar as suas reivindicações quanto ao desarmamento, desmilitarização e reintegração social dos guerrilheiros” e sublinha que esse processo “só pode ser liderado por Mariano Nhongo”.

- Publicidade -
- Publicidade -

Angola: Onde estão os sindicatos no novo conselho de João Lourenço?

Convidado a integrar o novo Conselho Económico e Social de João Lourenço, o economista Carlos Rosado de Carvalho diz-se "surpreendido" com o número de...
- Publicidade -

Bancos africanos são vítimas do ‘rating’ dos países em que operam, diz Moddy’s

Em causa os efeitos e dificuldades resultantes da pandemia de covid-19. A agência de notação financeira Moody's alertou que a análise sobre a qualidade de...

Angola: “Liberdade, Justiça, Emprego, Educação”, pedem manifestantes

Centenas de angolanos saíram à rua para mostrar a sua insatisfação com o Governo e exigir mais empregos. Foi a segunda manifestação em Luanda...

Cardeal italiano demitido de Vaticano por suspeitas de desvio de fundos

O italiano Angelo Becciu, tido a data como um dos cardeais mais influentes do Vaticno, foi obrigado a renunciar ao seu cargo, devido à...

Notícias relacionadas

Angola: Onde estão os sindicatos no novo conselho de João Lourenço?

Convidado a integrar o novo Conselho Económico e Social de João Lourenço, o economista Carlos Rosado de Carvalho diz-se "surpreendido" com o número de...

Bancos africanos são vítimas do ‘rating’ dos países em que operam, diz Moddy’s

Em causa os efeitos e dificuldades resultantes da pandemia de covid-19. A agência de notação financeira Moody's alertou que a análise sobre a qualidade de...

Angola: “Liberdade, Justiça, Emprego, Educação”, pedem manifestantes

Centenas de angolanos saíram à rua para mostrar a sua insatisfação com o Governo e exigir mais empregos. Foi a segunda manifestação em Luanda...

Cardeal italiano demitido de Vaticano por suspeitas de desvio de fundos

O italiano Angelo Becciu, tido a data como um dos cardeais mais influentes do Vaticno, foi obrigado a renunciar ao seu cargo, devido à...

Mali: Presidente e vice-presidente de transição já tomaram posse

Esta sexta-feira, no Mali, vão tomar posse o novo presidente de transição, o general na reserva Bah N’Daw, e o novo-vice-presidente, o coronel Assimi...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.