Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

França: Líderes europeus preparam-se para lidar com Trump na Cimeira do G7

Presidente Donald Trump e a Primeira-Dama, Melania Trump, Biarritz, France, 24 de Agosto. (DR)

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, falando antes da Cimeira do Grupo dos Sete (G-7), na França, disse que o ano passado mostrou que “é cada vez mais difícil encontrarmos uma linguagem comum”.

Segundo avança a VOA, o G-7, grupo das principais nações industrializadas do mundo, pode ter dificuldade em encontrar uma linguagem comum, mas Tuskteve palavras suficientes para abordar as questões que os membros enfrentam.

Ele disse que o grupo sob nenhuma condição concordaria com a proposta do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de trazer a Rússia de volta ao G-7.

Tusk também disse que o bloco não vai cooperar com a Grã-Bretanha no tocante a saída da União Europeia sem acordo.

“Estamos dispostos a ouvir ideias que sejam operacionais, realistas e aceitáveis para todos os estados membros da União Europeia”, disse.

Ele alertou ao G-7 que as guerras comerciais levarão à “confiança enfraquecida” entre elas.

O bloco G-7 realiza a sua reunião até segunda-feira, em Biarritz, uma cidade costeira francesa famosa pelo seu surfe de classe mundial.

Os líderes do G-7 não terão apenas que lidar com as questões económicas mais urgentes, mas também com o temperamento de um presidente dos EUA conhecido por sua visão antiglobalização e postura combativa contra os aliados.

Trump chegou à França, mas apesar de dizer que espera ter conversas “muito produtivas” com os seus colegas líderes mundiais, ao deixar a Casa Branca, na sexta-feira, ele ameaçou impor tarifas ao vinho da França se este país cobrar imposto às empresas americanas de tecnologia.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »