- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Ciências e Tecnologia Rússia envia ao espaço seu primeiro robô humanoide

Rússia envia ao espaço seu primeiro robô humanoide

AFP

A Rússia enviou ao espaço nesta quinta-feira Fedor (ou Feodor), o seu primeiro robô humanoide, que deve passar um período na Estação Espacial Internacional (ISS) como um experimento para o uso deste tipo de máquina na exploração do espaço.

“Vamos! Vamos!”, afirmou o robô em russo no momento da decolagem, recordando a famosa expressão de Yuri Gagarin durante a primeira viagem espacial do homem em 1961.

Fedor, que tem o número de identificação Skybot F850, decolou às 6H38 de Moscovo, a bordo de um foguete Soyouz, lançado da base russas de Baikonur, no Cazaquistão.

Fedor deve, a princípio, chegar à ISS no sábado e permanecer na estação até 7 de setembro.

O foguete utilizado no lançamento está equipado com um novo sistema de controle digital e motores de última geração.

O robô, com corpo antropomórfico prateado, mede 1,80 metro e pesa 160 quilos. Fedor é um nome russo (Feodor) e também uma sigla em inglês: “Final Experimental Demonstration Object Research”.

Fedor tem contas nas redes sociais Instagram e Twitter, nas quais divulga informações sobre sua vida diária e suas proezas, como aprender a abrir uma garrafa de água.

A bordo da ISS, o robô vai participar em diferentes atividades, sob a supervisão do cosmonauta russo Alexander Skvortsov, que chegou à Estação Espacial Internacional no mês passado.

Fedor deve testar suas capacidades em condições de gravidade muito reduzida. Uma de suas principais habilidades é imitar os movimentos humanos e, desta maneira, poderá ajudar os astronautas a cumprir suas tarefas.

“Deverá fazer cinco ou seis tarefas, que são secretas”, afirmou na quarta-feira Yevgueni Dudorov, executivo da empresa que criou Fedor.

As operações o obrigarão a manejar uma chave de fenda e outras chaves, afirmou Alexander Bloshenko, diretor de programas da agência espacial russa, Roscosmos, em uma entrevista ao jornal Rossiyskaya Gazeta.

– Missões arriscadas –

Fedor não é o primeiro robô a viajar ao espaço.

Em 2011, a Nasa enviou ao espaço um robô humanoide chamado Robonaut 2, desenvolvido em parceria com a General Motors, com o mesmo objetivo de testar suas atividades em um ambiente de risco elevado.

O robô retornou à Terra em 2018 por problemas técnicos.

Em 2013, o Japão enviou ao espaço o pequeno robô, Kirobo, coincidindo com a chegada do primeiro comandante japonês da ISS, Koichi Wakata.

Kirobo era capaz de falar, mas apenas em japonês.

Além da missão específica, as autoridades russas, que consideram a conquista do espaço uma questão estratégica, não escondem as ambições para Fedor e seus futuros irmãos.

Estas máquinas poderiam executar operações perigosas, como as saídas ao espaço, afirmou Alexander Bloshenko, da Roscosmos, à agência RIA Novosti.

O diretor da Roscosmos, Dmitri Rogozin, exigiu em agosto fotos de Fedor ao presidente russo, Vladimir Putin, e apresentou o robô como um “assistente da tripulação” da ISS.

“No futuro, contaremos com esta máquina para conquistar o espaço”, declarou na ocasião.

A conquista do espaço é uma grande fonte de orgulho desde a época soviética, mas enfrentou muitas dificuldades desde o fim da URSS.

Apesar das ambiciosas promessas do Kremlin, o setor registou acidentes humilhantes e escândalos de corrupção nos últimos anos.

A Rússia, no entanto, continua sendo no momento o único país com capacidade para enviar astronautas à ISS.

- Publicidade -
- Publicidade -

Produtos deteriorados: SIC e AAAC desmantelam rede no Sambizanga

A Brigada de Delitos Económicos afectos ao Serviço de Investigação Criminal (SIC) com o apoio da Associação Angolana de Ajuda ao Consumidor (AAAC), ‘desmantelou’...
- Publicidade -

Huambo: Manifestações colocam UNITA e Polícia Nacional de costas viradas

De acordo com o maior partido na oposição, a Polícia Nacional, atacou a tiros, na noite desta quarta-feira, 28, a sede da UNITA na...

Suspeito de esconder celular em busca da nona fase da Operação Calvário é preso pela PF, na PB

Aparelho foi localizado na casa de ex-assessor de conselheiro do Tribunal de Contas da Paraíba. Operação investiga esquema de desvio de recursos da saúde...

Tenet chega aos cinemas brasileiros

Adiado várias vezes por causa da pandemia de coronavírus, "Tenet" finalmente estreou nos cinemas brasileiros nesta quinta (29/10), mas sem causar o furor imaginado...

Notícias relacionadas

Produtos deteriorados: SIC e AAAC desmantelam rede no Sambizanga

A Brigada de Delitos Económicos afectos ao Serviço de Investigação Criminal (SIC) com o apoio da Associação Angolana de Ajuda ao Consumidor (AAAC), ‘desmantelou’...

Huambo: Manifestações colocam UNITA e Polícia Nacional de costas viradas

De acordo com o maior partido na oposição, a Polícia Nacional, atacou a tiros, na noite desta quarta-feira, 28, a sede da UNITA na...

Suspeito de esconder celular em busca da nona fase da Operação Calvário é preso pela PF, na PB

Aparelho foi localizado na casa de ex-assessor de conselheiro do Tribunal de Contas da Paraíba. Operação investiga esquema de desvio de recursos da saúde...

Tenet chega aos cinemas brasileiros

Adiado várias vezes por causa da pandemia de coronavírus, "Tenet" finalmente estreou nos cinemas brasileiros nesta quinta (29/10), mas sem causar o furor imaginado...

Covid-19: Angola anuncia 371 recuperados e 289 novos casos

As autoridades sanitárias anunciaram, nesta sexta-feira, o registo de 371 recuperados, 289 novas infecções e quatro óbitos, nas últimas 24 horas, no país. Segundo o...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.