InicioAngolaPolíticaGoverno angolano ajuda refugiados a deixarem o campo do Lóvua

Governo angolano ajuda refugiados a deixarem o campo do Lóvua

Voa

Centenas de refugiados da Republica Democrática do Congo continuam a abandonar o campo de refugiados do Lóvua na Lunda Norte, alguns contando agora com transporte cedido pelas autoridades angolanas.

Os refugiados, queixando-se de más condições no campo e de má administração do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, ACNUR, começaram a abandonar o campo sem qualquer apoio levando o governo angolano a enviar uma delegação ao local para avaliar a situação.

O ministro da defesa, que chefiou a delegação, disse ser impossível parar o êxodo.

Quarta-feira seguiram viagem 546 pessoas em direcção a fronteira de Chikolondo, município de Cambulo com apenas três camiões disponíveis.
O representante do governo da Lunda Norte António Mussumari disse que o numero de camiões deverá aumentar para um total de 15.

“Até o momento já foram repatriados 1066 cidadãos dos quais, 580 crianças, 277 homens homens e 209 mulheres”, disse.

Mussumari disse que o ritmo de repatriamento poderá ser mais rápido se foram recebidos mais camiões.

A merenda para os viajantes é garantida pela organização não governamental World Vision segundo o seu oficial sénior Bernardino Florindo.

“Para um pequeno apoio durante a viagem temos um contingente de cerca de duas mil águas minerais, duas mil salsichas, dois mil suplementos nutricionais que podem ajudar as crianças durante a viagem”, disse.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.