- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Outras Baixo nível de água reduz capacidade da Barragem do Gove

Baixo nível de água reduz capacidade da Barragem do Gove

O Aproveitamento Hidroeléctrico do Gove, a 119 quilómetros da cidade do Huambo, reduziu, nos últimos meses, a sua capacidade de fornecimento de energia eléctrica de 60 para 10 megawatts, devido ao baixo nível de água da albufeira, por falta de chuva.

De acordo com Angop, este facto foi revelado pelo director da barragem, Pedro Sebastião António, à margem da visita do vice-presidente da República, Bornito de Sousa, que se encontra desde o início da tarde de hoje, quarta-feira, em visita de 48 horas ao município da Caála.

No sector do Gove, adstrito à comuna do Cuima, o vice-presidente da República recebeu cumprimentos de boas-vindas do administrador comunal, Henriques Salviano, ao que se seguiram as explicações sobre o funcionamento da barragem, inaugurada em 2012, num investimento acima dos 279 milhões de dólares norte-americanos, executados pela empresa brasileira Odebrecht.

Pedro Sebastião António explicou que, para gerar os 60 megawatts da capacidade instalada, é necessário uma vazão na ordem dos 117 metros cúbicos por segundo de reposição dos caudais dos rios, no sentido de elevar os actuais mil e 571 metros de altura, para mais de mil e 588 do nível nominal de altura da água da albufeira necessário.

Tal facto não se observa, uma vez que, de acordo com Pedro Sebastião António, o nível de vazão de água de reposição do caudal dos rios encontra-se, actualmente, abaixo dos 14,4 metros cúbicos por segundo, fazendo com que o empreendimento contribua apenas com 10 megawatts na rede de fornecimento de energia eléctrica.

O Aproveitamento Hidroeléctrico do Gove, com três turbinas, para gerar 60 megawatts, comporta a Barragem, a Casa de Força e a Subestação.

A Casa de Força é onde se encontram as máquinas que transformam a energia mecânica em eléctrica, sendo que, na subestação, é onde se eleva o nível de tensão de 11 mil watts para 220 mil watts.

As obras de construção da barragem hidroeléctrica do Gove tiveram início em 1969 e foram interrompidas em 1975, devido ao conflito armado. Em meados de 2001 teve início uma nova intervenção que culminou com a data de inauguração, 22 de Agosto de 2012.

- Publicidade -
- Publicidade -

Covid-19: Laboratório de RTPCR de Benguela avariado

Duas mil amostras estão pendentes devido a uma avaria registada no único laboratório de testagem da Covid-19 (RTPCR) de Benguela, que atende a região...
- Publicidade -

Garimpeiros morrem soterrados em Chipindo

Um desabamento de terra em minas ilegais de exploração de ouro provocou a morte de três garimpeiros no município de Chipindo, que dista a...

MPLA lamenta morte do deputado Mendes Bartolomeu

O Secretariado do Bureau Político do MPLA, manifestou, nesta terça-feira, consternação pela morte do deputado Mendes Bartolomeu. O deputado do MPLA morreu, nesta terça-feira, numa...

Empresa de Isabel dos Santos impugna nacionalização de Efacec

A Winterfell, empresa de Isabel dos Santos que controlava a Efacec, anunciou ter apresentado uma acção de impugnação da decisão do Governo português de...

Notícias relacionadas

Covid-19: Laboratório de RTPCR de Benguela avariado

Duas mil amostras estão pendentes devido a uma avaria registada no único laboratório de testagem da Covid-19 (RTPCR) de Benguela, que atende a região...

Garimpeiros morrem soterrados em Chipindo

Um desabamento de terra em minas ilegais de exploração de ouro provocou a morte de três garimpeiros no município de Chipindo, que dista a...

MPLA lamenta morte do deputado Mendes Bartolomeu

O Secretariado do Bureau Político do MPLA, manifestou, nesta terça-feira, consternação pela morte do deputado Mendes Bartolomeu. O deputado do MPLA morreu, nesta terça-feira, numa...

Empresa de Isabel dos Santos impugna nacionalização de Efacec

A Winterfell, empresa de Isabel dos Santos que controlava a Efacec, anunciou ter apresentado uma acção de impugnação da decisão do Governo português de...

Serena “escuta” o tendão de Aquiles e decide abandonar Roland Garros

Serena Williams optou por desistir do torneio de Roland Garros pouco antes de enfrentar a búlgara Tsvetana Pironkova e volta a perder a oportunidade...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.