- Publicidade-
InicioDestaquesEx-administrador de Belize responde em tribunal

Ex-administrador de Belize responde em tribunal

O Tribunal da Comarca de Cabinda iniciou, na segunda-feira, a audiência para o julgamento do ex-administrador municipal de Belize, André Manuel Ndimba Tati, acusado de desvios de fundos públicos, avaliados em 14 milhões 899 mil e 260 kwanzas, escreve a Angop.

No processo, em que André Tati é indiciado nos crimes de peculato, branqueamento de capitais e de associação criminosa, são também acusados, pelos mesmos actos, Afonso Mbuandi, ex-chefe de secção de finanças da administração de Belize, e o empreiteiro António Manuel dos Santos Máquina.

Após a discussão das questões prévias e da leitura da contestação dos mandatários, o juiz de causa, João Cardoso Mandafama, marcou para o dia dois de Setembro deste ano a segunda audiência para o início do interrogatório dos réus.

Este é o segundo caso mediático que envolve funcionários públicos implicados em crimes de peculato, branqueamento de capitais e associação criminosa na província de Cabinda.

O primeiro caso esteve ligado a oito funcionários públicos da Empresa de Águas de Cabinda (EPAC), acusados nos desvios de mais de 21 milhões de Kwanzas, mas, por falta de provas, foram absolvidos pelo tribunal.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.