Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Cabo Verde Airlines inicia ligações a Lagos em dezembro

Cabo Verde Linhas Aéreas (DR)

DN|LUSA

A companhia aérea Cabo Verde Airlines (CVA) anunciou hoje que vai começar a voar para Lagos, na Nigéria, a partir de 09 de dezembro, com ligações cinco vezes por semana através de um Boeing 757.
Cabo Verde Airlines inicia ligações a Lagos em dezembro

Numa nota enviada à imprensa, a companhia aérea cabo-verdiana informou que a ligação será feita a partir do Aeroporto Amílcar Cabral, na ilha do Sal, às segundas, terças e quintas-feiras, sábados e domingos.

O voo inaugural está previsto para o dia 9 de dezembro, com saída do Sal às 20h50, hora local, e chegada ao Aeroporto Murtala Muhammed, em Lagos, às 2h10, hora local.

A ligação será feita por um Boeing 757, com 161 lugares em classe económica e 22 em executiva, ainda segundo a Cabo Verde Airlines.

“Todos os voos terão ligação à ilha do Sal, ‘hub’ internacional da Cabo Verde Airlines, e poderão fazer conexões a Lisboa (cinco vezes por semana), Washington DC (três vezes por semana) e Boston (uma vez por semana), bem como aos destinos da companhia no Brasil – Salvador, Porto Alegre, Recife e Fortaleza” -, prosseguiu a CVA.

A transportadora indicou ainda que, além das conexões ao ‘hub’ na ilha do Sal, o programa Stopover da Cabo Verde Airlines permite a estadia de até 7 dias em Cabo Verde e assim explorar as diversas experiências no arquipélago, sem custo adicional nas passagens aéreas.

“A nova ligação vem reforçar as operações da companhia dentro do continente africano, assim como a conectividade entre África e a Europa e Américas do Norte e do Sul no quadro da sua missão de ligar os 4 continentes”, completou.

A Cabo Verde Airlines já tinha anunciado outras rotas para o inverno, nomeadamente Luanda (Angola, também a 09 de dezembro), Porto Alegre (Brasil, 11 de dezembro) e Washington (EUA, 11 de dezembro).

Em março, o Estado de Cabo Verde vendeu 51% da companhia Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV) por 1,3 milhões de euros à Lofleidir Cabo Verde, uma empresa detida em 70% pela Loftleidir Icelandic EHF e em 30% por empresários islandeses com experiência no setor da aviação.

A TACV assegurava voos domésticos, que foram abandonados no âmbito do processo de privatização, estando a CVA concentrada apenas nos voos internacionais.

Mas a companhia aérea, agora com o nome de Cabo Verde Airlines, retomou há uma semana os voos domésticos, entre ilhas, através de uma parceria com as portuguesas Lease-Fly e Newtour, garantindo assim a conectividade ao ‘hub’ internacional na ilha do Sal.

A transportadora aérea cabo-verdiana opera grande parte dos voos internacionais a partir do Sal, passando agora a ter ligações às ilhas de Santiago, São Vicente e Fogo, com recurso a aviões ATR42-300.

As ligações aéreas entre ilhas eram asseguradas apenas pela companhia Binter, que esta semana mudou de nome para Transportes Interilhas de Cabo Verde (TICV).

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »