Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Idosa de 110 anos assassinada sob a acusação de feitiçaria

(DR)

Uma cidadã de 110 anos de idade, acusada de exercer prática de feitiçaria, foi assassinada, neste domingo, em plena via pública no sector da Chiwaia, comuna do Calima, município do Huambo, por dois dos seus vizinhos, já detidos pela Polícia Nacional, soube hoje, segunda-feira, a ANGOP.

Ao confirmar o homicídio, o porta-voz da Polícia Nacional na província do Huambo, intendente Martinho Kavita Satito, informou que o crime de ofensas corporais que resultou em morte, por espancamento, deveu-se por volta das 9h30 de domingo, quando a vítima, identificada por Balbina Chicumbo, foi surpreendida na via pública, por dois supostos vizinhos.

Trata-se de indivíduos com idades entre 22 e 56 anos, respectivamente, aos quais foi-lhes aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Ainda no domingo, de acordo com o intendente Martinho Kavita Satito, uma cidadã de 21 anos, foi brutalmente espancada, numa das residências do bairro Bom Pastor, arredores da cidade do Huambo, supostamente pelo esposo, que depois de detido, alegou a traição da esposa, neste momento, internada no Hospital Central.

O porta-voz da Polícia Nacional referiu que no mesmo dia (domingo) um agente regular de trânsito foi agredido verbal e fisicamente, por um automobilista de 29 anos de idade (detido), que ao ser abordado insurgiu-se contra a autoridade em serviço, na estrada Huambo/Bailundo.

Martinho Kavita disse ainda que, entre sexta-feira a domingo, a corporação, em cooperação com o Serviço de Investigação Criminal (SIC), deteve um total de 26 cidadãos, acusados da prática de 40 crimes diversos, sendo que em alguns deles foi-lhes retirado uma arma de fogo do tipo pistola, quatro computadores e seus componentes, material didáctico, utensílios domésticos e outros.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »