- Publicidade-
InicioDestaquesForça Aérea da Síria realiza ataque a comboio militar turco em Idlib

Força Aérea da Síria realiza ataque a comboio militar turco em Idlib

A Força Aérea da Síria lançou um ataque aéreo contra um comboio militar da Turquia na província de Idlib, informou o DHA turco nesta segunda-feira (19).

Segundo a agência, o comboio militar turco estava deslocar-se na zona de Khan Shaykhun entre os postos de observação turcos. Não foram relatadas perdas humanas.

Anteriormente, um canal de televisão estatal sírio, citando o Ministério das Relações Exteriores da Síria, noticiou que veículos blindados turcos estavam a viajar para Khan Shaykhun, onde o Exército da Síria combate militantes do daesh.

Violação da fronteira

Mais cedo, foi noticiado que um comboio do Exército turco teria entrado na cidade síria de Saraqib, localizada na província de Idlib, no noroeste do país.

O Ministério das Relações Exteriores sírio declarou nesta segunda-feira (19), que veículos blindados turcos estavam a ir em direção à cidade síria de Khan Shaykhun, na província de Idlib, onde as forças do governo lutam contra terroristas, de acordo com o canal estatal Syria TV.

Ancara ainda não comentou as notícias. Anteriormente, uma fonte da Sputnik no local relatou que os militares sírios passaram a controlar um posto de controlo na periferia noroeste de Khan Shaykhun, uma cidade controlada por militantes.

Acordo de cessar-fogo

Depois das negociações sobre a Síria em Nursultan, um “cessar-fogo” entrou em vigor em Idlib no dia 2 de agosto. O Comando das Forças Armadas da Síria afirmou estar comprometido com a suspensão de combates caso a Turquia cumpra suas obrigações do tratado turco-russo de setembro de 2018.

O ponto principal do cessar-fogo correspondia à retirada de armamento pesado e médio dos militantes a 20 quilômetros da zona desmilitarizada de Idlib.

Três dias mais tarde, no dia 5 de agosto, o Exército sírio retomou a operação devido ao descumprimento das condições dos grupos de militantes, que, se aproveitando da trégua, tentaram atacar as posições do Exército sírio na província de Hama, no norte do país, e abriram repetidamente fogo sobre zonas residenciais.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.