- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política Chefe de Estado regressa ao país

Chefe de Estado regressa ao país

Angop

O Presidente da República, João Lourenço, chegou na tarde deste domingo ao país, proveniente de Dar-es-Salaam (Tanzânia), onde participou da 39ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), que decorreu de 17 a 18 do corrente mês.

No Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o Chefe de Estado foi recebido pelo Vice-presidente da República, Bornito de Sousa, pelo ministro de Estado para Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior, pela ministra de Estado para Área Social, Carolina Cerqueira, entre outros membros do Executivo e altos funcionários da Presidência.

Durante a 39ª Cimeira de Chefes de Estado da SADC, o Presidente da República assinou, com os seus homólogos da comunidade, vários acordos de cooperação, com destaques para as áreas judicial e industrial.

Os 16 Chefes de Estados e de Governo presentes na Cimeira da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) assinaram os protocolos sobre a assistência mútua nos tribunais, transferência, entre estados, de infractores condenados e auxílio judicial em matéria penal.

Acordos com a União Europeia

Na mesma sessão, que decorreu sob orientação do novo presidente em exercício da SADC, o Chefe de Estado tanzaniano, John Pombe Joseph Magufuli, foram também rubricados três acordos com a União Europeia (UE).

Trata-se dos acordos para a implementação de programas para a “melhoria do ambiente de negócio”, para a “facilitação do comércio” e sobre a “industrialização dos Estados membros”, assinados pela secretária Executiva da SADC, Stergomena Lawrence Tax e Jan Sadec, pela UE.

Os referidos documentos permitirão apoiar o desenvolvimento dos países da organização regional por um período de cinco anos, suportados com um valor de 40 milhões de dólares.

A estratégia de industrialização da SADC, adoptada em Abril de 2015, visa alcançar uma economia mais avançada e a transformação tecnológica a nível nacional e regional que permita acelerar o crescimento através do desenvolvimento industrial.

À margem da reunião, o Presidente João Lourenço participou numa nini-cimeira da Troika juntamente com os homólogos da Zâmbia, Edgar Lingu, e do Zimbábue, Emmerson Mnangagwa.

Questões ligadas à paz, segurança e consolidação da democracia na região Austral de África, com realce para o Reino do Lesoto, o Zimbabwe e a República Democrática do Congo (RDC), estiveram igualmente em análise na sessão.

Os presidentes da África do Sul, Ciryl Ramaphosa, e da República Democrática do Congo (RDC), Félix Antoine Tshisekedi, participaram da reunião da Troika na qualidade de convidados.

O bloco regional da SADC é composto por Angola, África do Sul, Botswana, Republica Democrática do Congo (RDC), Comores, E-swatini (antiga Swazilândia), Lesotho, Madagascar, Malawi, Ilhas Maurícias, Moçambique, Namíbia, Seychelles, Tanzânia, Zâmbia e Zimbabwe.

- Publicidade -
- Publicidade -

Cidadãos acusam polícia de receber subornos para permitir passagem na cerca sanitária de Luandaa

As autoridades policiais são directamente acusadas por cidadãos das Lundas que afirmam que os agentes da autoridade aceitam subornos para ignorarem a cerca sanitária,...
- Publicidade -

Angola vai investigar empresário acusado de corrupção em Espanha

O Ministério Público de Angola voltou a recusar a extradição do empresário luso-angolano Guilherme Oliveira Taveira Pinto, que fugiu à justiça, mas prometeu investigá-lo...

Parlamento quer Entidade Reguladora da Comunicação Social a prestar contas

A Assembleia Nacional recomendou à Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERCA) de Angola que passe a anexar, nas próximas vezes, ao relatório de actividades...

Pluralidade da TV Zimbo, O País e Rádio Mais com dias contados

Sindicato dos Jornalistas Angolanos está preocupado com eventual interferência na linha editorial da TV Zimbo, jornal O País e Rádio Mais, que passaram para...

Notícias relacionadas

Cidadãos acusam polícia de receber subornos para permitir passagem na cerca sanitária de Luandaa

As autoridades policiais são directamente acusadas por cidadãos das Lundas que afirmam que os agentes da autoridade aceitam subornos para ignorarem a cerca sanitária,...

Angola vai investigar empresário acusado de corrupção em Espanha

O Ministério Público de Angola voltou a recusar a extradição do empresário luso-angolano Guilherme Oliveira Taveira Pinto, que fugiu à justiça, mas prometeu investigá-lo...

Parlamento quer Entidade Reguladora da Comunicação Social a prestar contas

A Assembleia Nacional recomendou à Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERCA) de Angola que passe a anexar, nas próximas vezes, ao relatório de actividades...

Pluralidade da TV Zimbo, O País e Rádio Mais com dias contados

Sindicato dos Jornalistas Angolanos está preocupado com eventual interferência na linha editorial da TV Zimbo, jornal O País e Rádio Mais, que passaram para...

Domingos da Cruz sobre o Governo de João Lourenço: “Não espero nada de bom”

Em entrevista à DW, Domingos da Cruz fala sobre o seu novo livro "Direitos humanos na era das incertezas" e comenta a situação política...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.