- Publicidade-
InicioMundoÁfricaCamarões: Três russos sequestrados em ataque pirata a um navio dinamarquês

Camarões: Três russos sequestrados em ataque pirata a um navio dinamarquês

De acordo com a agência de recrutamento de São Petersburgo, os piratas sequestraram 8 membros da tripulação, três dos quais são cidadãos russos.

Informações emitidas na página oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, a 15 de Agosto, perto do porto de Douala (República dos Camarões) dão conta que um navio de carga Marmalaita pertencente a empresa alemã MarConsult Schiffahrt, que navegava sob a bandeira de Antígua e Barbuda foi atacado por pessoas desconhecidas.

“Foi criada uma equipe operacional que está cooperando com as autoridades competentes, fazendo tudo possível para resolver esta situação”, afirma a companhia alemã.

“O grupo de piratas penetrou a bordo do navio sequestrando 8 dos 12 membros da tripulação”, informa o comunicado emitido pela empresa.

“De acordo com as informações da embaixada da Rússia neste país, as autoridades dos Camarões e os representantes da empresa armadora do navio estão a tomar todas as medidas para esclarecer as circunstâncias deste incidente.

Os diplomatas russos estão a cooperar activamente com as autoridades camaronesas e a empresa proprietária do navio a fim que os cidadãos russos sejam libertados o mais rápido possível”, destaca o Ministério do Exterior russo.

De acordo com o adido de imprensa da embaixada da Rússia em Camarões, Garerin Martirosyan, o navio mercante, a bordo do qual há 3 cidadãos russos, teria sido supostamente capturado por piratas nigerianos.

Por enquanto os piratas ainda não fizeram nenhum tipo de demanda a respeito da tripulação sequestrada em Camarões, informou uma fonte da empresa empregadora.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.