- Publicidade-
InicioAngolaSociedadeJMPLA e RNA demarcam-se de manifestação

JMPLA e RNA demarcam-se de manifestação

A Rádio Nacional de Angola (RNA) e a JMPLA negaram, nesta sexta-feira, em Luanda, que estejam a prestar apoio a uma marcha anunciada nas redes sociais.

Numa nota de imprensa, a RNA avança que está a ser usado de forma irresponsável, ilegal e abusivo o nome da instituição numa convocatória para uma manifestação, não assinada e posta a circular em nome de partidos e organizações políticas.

“Como órgão de comunicação social, compete à RNA noticiar factos comprovados, seguindo as regras do bom jornalismo e a linha editorial desta estação emissora”, lê-se no comunicado, citado pela Angop.

Por seu turno, a JMPLA demarca-se igualmente da aludida manifestação de rua, esclarecendo que a única plataforma que congrega as organizações juvenis angolanas é o Conselho Nacional da Juventude (CNJ), que em momento algum convocou uma manifestação do género.

A JMPLA apela aos seus militantes, quadros, simpatizantes e amigos a não aderirem a manifestações em que a organização não se revê.

A aludida marcha, ainda sem data, visa repudiar a actuação de alguns responsáveis do sector da justiça.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.