- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Moçambique Acordo de paz fragilizado em Moçambique

Acordo de paz fragilizado em Moçambique

Em Moçambique a Renamo, na oposição, acusa a Frelimo, partido no poder, e os grupos da polícia comunitária de praticarem actos de violência e intolerância política contra militantes da antiga guerrilha um pouco por todo o país. Para o movimento da perdiz trata-se de uma grosseira violação do acordo de paz e reconciliação nacional assinado no princípio deste mês em Maputo.

De acordo com a RFI, pouco mais de uma semana depois da assinatura do acordo de paz e reconciliação nacional, a Renamo denuncia violação dos princípios de pensamento diferente e coabitação pacífica defendidos no tratado de Maputo.

José Manteigas, porta-voz da Renamo da exemplo de casos graves de violência contra os seus militantes registados nas província de Tete, Zambézia, Gaza e Inhambane e por isso faz um apelo à “sua Excelência Presidente da República para tomar todas as providências no sentido de pôr fim a estas atitudes que arrepiam o convívio entre os moçambicanos.”

Para o principal partido da oposição estes actos de intolerância política criam dúvidas sobre a eficácia do acordo de paz e do compromisso de boa fé e receia que a situação poderá ser grave durante a campanha eleitoral e a 15 de Outubro dia de votação.

- Publicidade -
- Publicidade -

Níger: Rapto de um cidadão norte-americano em zona de frequentes ataques do Boko Haram

Na madrugada desta terça-feira, 27 de outubro, foi raptado um cidadão norte-americano em Massalata, no sul do Níger, a cerca de 400 kms a...
- Publicidade -

Guiné-Bissau: “Young Nuno” quer resgatar com murais memórias dos combatentes da liberdade

O artista plástico guineense Nuno Ala Tambá, de 29 anos de idade, cujo nome artístico é "Young Nuno", lidera um grupo de jovens, que...

Angola e Portugal eliminam dupla tributação

A convenção entre Angola e Portugal, que elimina a dupla tributação em matéria de impostos sobre o rendimento e previne a fraude e a...

Um remédio chamado 5G

O estado do sistema de saúde angolano é crítico e precisa de um tratamento de choque. Mais médicos, mais hospitais, mais políticas públicas. E...

Notícias relacionadas

Níger: Rapto de um cidadão norte-americano em zona de frequentes ataques do Boko Haram

Na madrugada desta terça-feira, 27 de outubro, foi raptado um cidadão norte-americano em Massalata, no sul do Níger, a cerca de 400 kms a...

Guiné-Bissau: “Young Nuno” quer resgatar com murais memórias dos combatentes da liberdade

O artista plástico guineense Nuno Ala Tambá, de 29 anos de idade, cujo nome artístico é "Young Nuno", lidera um grupo de jovens, que...

Angola e Portugal eliminam dupla tributação

A convenção entre Angola e Portugal, que elimina a dupla tributação em matéria de impostos sobre o rendimento e previne a fraude e a...

Um remédio chamado 5G

O estado do sistema de saúde angolano é crítico e precisa de um tratamento de choque. Mais médicos, mais hospitais, mais políticas públicas. E...

Covid-19: Angola com 263 novas infecções e 22 recuperados

O país registou, nas últimas 24 horas, mais 263 novas infecções, duas mortes e 22 pacientes recuperados. Segundo o secretário de Estado para a Saúde...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.