- Publicidade-
InicioAngolaRegiõesCunene recebe 193 toneladas de bens diversos

Cunene recebe 193 toneladas de bens diversos

Angop

O governo provincial do Huambo procedeu hoje, quarta-feira, em Ondjiva, a entrega de 193 toneladas de diversos bens de primeira necessidade para apoiar às vítimas da seca.

O donativo é composto por 113 toneladas de milho, 25 de fuba, e outras quantidades não especificadas entre sacos de feijão, arroz, sal, caixas de massa alimentares, óleo, água de mesa, gasosa, atados de roubas usadas e cobertores.

O governo da província do Cunene recebeu, até ao momento, 997 mil toneladas de bens alimentares para acudir a situação de seca que a sola a região.

As autoridades locais contam, actualmente, com 20 unidades de camiões cisternas e 400 reservatórios espalhados pelo território da província para a distribuição de água às populações.

Está também em curso a reabilitação de 171 furos de água, uma média 28 furos por cada município, num total de seis municípios.

Para o efeito, o Executivo disponibilizou 3.9 mil milhões de Kwanzas para a aquisição de bens diversos.

No acto de entrega, a directora provincial do Gabinete da Acção Social, Família e Igualdade do Género do Huambo, Fátima Kawewe, disse que este donativo surge através de uma campanha solidária que contou com as 11 administrações municipais, população, igrejas e diversas empresas.

Fátima Kawewe sublinhou que situação do Cunene motivou o gesto de solidariedade para minimizar a carência alimentar no seio das famílias.

Por seu turno, a directora provincial do Gabinete da Acção Social, Família e Igualdade no Género do Cunene, Elizeth Mwanelungi, agradeceu o gesto do governo do Huambo, considerando uma doação significativa, por basear-se, especialmente, no milho, um dos alimentos mais usados pelas comunidades.

O Cunene vive, desde Outubro de 2018, uma acentuada crise, com 857 mil e 443 pessoas (de um total de 171 mil 488 famílias) e um milhão de cabeças de gado afectados pela seca, que já e já causou a morte de 30 mil cabeças de gado, entre bovino, caprino e suíno.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.