Portal de Angola
Informação ao minuto

Rússia expulsa diplomata ucraniano em resposta à provocação de Kiev

Um diplomata do Consulado Geral da Ucrânia em São Petersburgo foi expulso da Rússia como uma resposta recíproca às acções de Kiev contra um diplomata russo, que ocorreu em Maio. (© Sputnik / Konstantin Chalabov)

Um diplomata do Consulado Geral da Ucrânia em São Petersburgo foi expulso da Rússia como uma resposta recíproca às acções de Kiev contra um diplomata russo, que ocorreu em Maio.

“Em Maio de 2019, os serviços de segurança ucranianos criaram uma provocação, declarando como persona non grata um diplomata do Consulado Geral da Rússia em Lviv sem nenhum motivo. Kiev não apresentou provas de qualquer actividade ilegal conduzida por nosso diplomata que fosse além do cumprimento de suas obrigações profissionais relacionadas ao trabalho da missão consular “, informou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia nesta terça-feira (13) em comunicado, citado pela Sputnik.

“Em resposta a um movimento tão hostil e infundado por parte de Kiev, o lado russo foi forçado a declarar, numa base recíproca, um diplomata do Consulado Geral da Ucrânia em São Petersburgo como persona non grata”, acrescenta a nota.

As relações entre Rússia e Ucrânia deterioraram-se a partir de 2014, depois que a Crimeia se separou da Ucrânia e foi reintegrada à Rússia após o resultado de um referendo.

Além disso, Kiev acusa Moscovo de interferir nos assuntos internos e apoiar as forças contrárias ao governo no Leste da Ucrânia. O Kremlin nega qualquer envolvimento na crise ucraniana.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »