- Publicidade-
InicioDestaquesPortugueses fora da gestão do ex-BES Angola

Portugueses fora da gestão do ex-BES Angola

Sonangol vai ficar com 70,378% através de aumento de capital que vai ser feito no Banco Económico.

Detido em 9,72% pelo Novo Banco, o Banco Económico — sucedâneo do antigo BES Angola (BESA) — deverá ser transformado num banco de capitais maioritariamente públicos com acionistas privados. A revelação foi feita ao Expresso pelo ministro angolano das Finanças, Archer Mangueira.

Com esta decisão, imposta pela necessidade de cobrir as imparidades e provisões resultantes de uma elevada taxa de crédito malparado, a gestão do banco deixa de ser portuguesa e passa para as mãos da Sonangol, representante do accionista maioritário, o Estado angolano. A petrolífera angolana passará a ser a sócia maioritária com 70,378%.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.