Portal de Angola
Informação ao minuto

Ministros da SADC analisam estratégia de industrialização

Angola presente no Conselho de Ministros da SADC (FOTO DE JOÃO GOMES)

Angop

O Conselho de Ministros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) analisou, nesta terça-feira, em Dar es Salaam (Tanzânia), a implementação de políticas e a estratégia para a industrialização, combate à fome, bem como a solução para questões financeiras.

Durante a reunião, que serviu também de preparação para a 39ª Cimeira dos Chefes de Estado da SADC, o órgão ministerial analisou ainda a situação na RDC, Zimbabwe e o desemprego da juventude.

A estratégia de industrialização da SADC, adoptada em Abril de 2015, visa alcançar uma economia mais avançada e a transformação tecnológica a nível nacional e regional que permita acelerar o crescimento através do desenvolvimento industrial.

O ministro da Economia e Planeamento, Manuel Neto da Costa, chefiou a delegação angolana ao encontro do Conselho de Ministros da SADC, integrada pela secretária de Estado para o Orçamento e Investimento Público, Aia Eza Nacília Gomes da Silva.

A 39ª Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e de Governo da SADC, que acontece de 17 a 18 do corrente, deverá ratificar e aprovar os documentos, resoluções e propostas analisadas e discutidas durante os encontros de peritos e no Conselho de Ministros.

A organização é composta por Angola, África do Sul, Botswana, República Democrática do Congo (RDC), eSwatini (antiga Swazilândia), Lesotho, Madagáscar, Malawi, Maurícias, Moçambique, Namíbia, Seychelles, Tanzânia, Zâmbia, Zimbabwe e Comores, pais localizado na África do leste, admitido no órgão em Agosto de 2018, durante a 38 ª Cimeira da SADC realizada na Namíbia, tornando-se assim o 16º (décimo sexto) Estado Membro.

Criada a 17 de Agosto de 1992, em Windhoek, a SADC é uma organização inter-governamental dedicada à cooperação e integração sócio-económica, bem como à cooperação em matérias de política, defesa e segurança, dos países da região Austral.

Tem como objectivo promover o crescimento e o desenvolvimento económico sustentável, combater a pobreza, aumentar a qualidade de vida dos povos da região, bem como prover auxílio aos mais desfavorecidos.

A Tanzânia vai assumir a presidência rotativa do organismo regional por um período de um ano, pelo que o Presidente, John Magufuli, que ocupa presentemente a vice-presidência da SADC, ascenderá a liderança, em substituição do seu homólogo da Namíbia, Hage Geingob.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »