Portal de Angola
Informação ao minuto

Khoisan no sul de Angola ameaçados pela fome

A pequena comunidade Khoisan no Kuando Kubango e no Cunene encontra-se em perigo devido à fome. (DR)

VOA | Fernando Caetano

A pequena comunidade Khoisan no Kuando Kubango e no Cunene encontra-se em perigo devido à fome.

Os Khoisan andam centenas de quilómetros a pé a procura de frutos silvestres e podem agora ajuda do governo.

No Caiduno Manuel Tchiculo disse que a comunidade está a passar fome.

“Andamos quase todas matas mas, não encontramos quase nada, só apanhamos essas frutas com que nos alimentamos”, disse.

“Às vezes vamos caçar um Kambaby, estamos aqui a passar muito mal e não temos como mesmo”, acrescentou

No Kuando Kubango a comunidade Khoisan integra cerca de doze mil pessoas.

Manuel Jamba é o administrador de Caiundodisse que recentemente um “kamussequele” accionou uma mina quando buscava frutas silvestres.

Estamos a lutar para junto da administração municipal de Menongue de como podemos integrar essa comunidade dentro da sociedade, passando por alguns projectos que venham dar vida a essas comunidades”, disse.

Se em Caiundo os Khoisans enfrentam peripécias os seus compatriotas no Cuito Cuanavale não têm uma realidade diferente.

“Aqui no Cuito estamos a sofrer no bairro Kamusequele. Estamos apanhar fruta que andamos recolher, vinssivi e vimbunda é o que está nos ajudar”, disse um membro da comunidade.

“Estamos a pedir ao governo para nos apoiar, senão vamos morrer junto os nossos filhos e os nossos netos e o que nos preocupa mais, queremos também sementes para semear pode ser que aja chuva para irmos ao rio Cuvango para cultivarmos”, acrescentou.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »