- Publicidade-
InicioVidaSaúdeCuanza Norte regista oito casos suspeitos de paralisia infantil

Cuanza Norte regista oito casos suspeitos de paralisia infantil

Angop

Oito casos suspeitos de paralisia flácida aguda (poliomielite) foram registados de Janeiro a Julho do corrente ano, pelas autoridades sanitárias do Cuanza Norte, em três dos 10 municípios da província.

A informação foi prestada à imprensa hoje (terça-feira) pelo responsável do departamento provincial de saúde pública, Cruz Manuel, esclarecendo que os casos suspeitos foram notificados em crianças menores de cinco anos nos municípios de Cazengo (sede da província), com cinco casos, Banga, com dois, e Golungo Alto com um.

A fonte acrescentou que as autoridades sanitárias locais procederam a recolha das amostras que foram prontamente enviadas para a Direcção Nacional de Saúde Pública, a fim de serem submetidos a testes laboratoriais complementares para efeitos de confirmação ou descarte.

Cruz Manuel considerou que, apesar da província não registar qualquer caso positivo de poliomielite desde o ano de 2011, as autoridades sanitárias da circunscrição têm efectuado campanhas de vacinação rotineiras no sentido de prevenir o surgimento de novos casos da doença.

Segundo ele, as autoridades sanitárias da província estão a gizar um programa de vacinação massiva visando a prevenção e contenção da doença.

A poliomielite (paralisia infantil) é uma doença contagiosa aguda causada por vírus que pode infectar crianças e adultos cujos casos graves podem acarretar paralisia nos membros inferiores.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.