- Publicidade-
InicioMundoAmérica do SulConstituinte analisa antecipar eleições legislativas na Venezuela

Constituinte analisa antecipar eleições legislativas na Venezuela

A Assembleia Constituinte avalia antecipar as eleições legislativas na Venezuela, anunciou nesta segunda-feira o presidente do organismo, Diosdado Cabello, em meio aos rumores sobre a dissolução do Parlamento, controlado pela oposição.

Cabello formou uma comissão “para fazer, de acordo com a lei, consultas a todos os organismos, ao povo, às ruas” sobre a conveniência e o melhor momento para se organizar “estas eleições”.

“Se esta consulta determinar que será a 1 de Janeiro (de 2020), a 1 de Janeiro estaremos a realizar estas eleições da Assembleia Nacional. Se for para fazer estas eleições este ano (…) ocorrerão quando a consulta determinar”, declarou Cabello entre aplausos, acrescentando que espera dar “esta notícia ao país nos próximos dias”.

Guaidó já havia advertido para os planos do governo de dissolver o Parlamento ou antecipar as eleições legislativas, previstas para 2020.

Cabello declarou ainda que vai “aplicar a lei contra os que violam a nossa Constituição”.

As decisões do Parlamento são consideradas nulas pelo Supremo, que declarou o Legislativo em desacato em 2016.

Pelo menos 20 deputados já perderam a imunidade e estão refugiados em sedes diplomáticas, exilados ou na clandestinidade.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.