- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil Em Brasília, mulheres indígenas ocupam Ministério da Saúde em protesto

Em Brasília, mulheres indígenas ocupam Ministério da Saúde em protesto

Sputnik

Nesta segunda-feira (12) grupos indígenas liderados por mulheres ocuparam um prédio do Ministério da Saúde, em Brasília.

A manifestação denuncia o desmonte da Saúde indígena e reuniu movimentos de mulheres de várias regiões do país.

O prédio ocupado foi o da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), que faz parte do Ministério da Saúde.

Os grupos exigem a saída da secretaria da pasta, Silvia Nobre, além de reivindicarem mais investimentos na área. Para as mulheres indígenas presentes, é necessário o fortalecimento da secretaria e o cessar do desmonte do órgão.

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram centenas de manifestantes indo em direcção à secretaria. A maioria dos presentes é de mulheres.

Comunidades indígenas sofrem constantes violações de direitos humanos no Brasil. Recentemente, a questão tem se tornado tema de debate internacional devido à retórica política empregada em Brasília e à pressão de outros países pela manutenção dos direitos dos indígenas.

- Publicidade -
- Publicidade -

Alberto Neto: Adiamento das autárquicas em Angola é “estratégia” do MPLA

Segundo Alberto Neto, líder do Partido Democrático Angolano, ilegalizado em 2013, o MPLA sabe que não ganharia a 100% em todos os municípios. Por...
- Publicidade -

Médico recomenda retoma responsável aos treinos

A retoma aos treinos desportivos federados, a partir deste sábado, conforme decreto presidencial, deve ser feita de forma responsável, sob o risco de desvalorização...

Ministério dos Transportes substitui Viação e Trânsito na emissão de cartas de condução

O Ministério dos Transportes (Mintrans) é o novo órgão responsável pela emissão de cartas de condução no país, acção que vinha sendo feita pela...

País espera poupar USD 6 mil milhões em negociação da dívida

Angola espera poupar seis mil milhões de dólares, até Junho de 2023, em negociações da dívida pública com credores dentro e fora do G20,...

Notícias relacionadas

Alberto Neto: Adiamento das autárquicas em Angola é “estratégia” do MPLA

Segundo Alberto Neto, líder do Partido Democrático Angolano, ilegalizado em 2013, o MPLA sabe que não ganharia a 100% em todos os municípios. Por...

Médico recomenda retoma responsável aos treinos

A retoma aos treinos desportivos federados, a partir deste sábado, conforme decreto presidencial, deve ser feita de forma responsável, sob o risco de desvalorização...

Ministério dos Transportes substitui Viação e Trânsito na emissão de cartas de condução

O Ministério dos Transportes (Mintrans) é o novo órgão responsável pela emissão de cartas de condução no país, acção que vinha sendo feita pela...

País espera poupar USD 6 mil milhões em negociação da dívida

Angola espera poupar seis mil milhões de dólares, até Junho de 2023, em negociações da dívida pública com credores dentro e fora do G20,...

Caso 900 milhões: Irene Neto, filha de Agostinho Neto, com contas congeladas e bens apreendidos em Angola

A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou hoje ao Novo Jornal que as contas de Irene Neto, filha do primeiro Presidente de Angola, Agostinho Neto,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.