- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo América do Sul 'Chega de Trump', clamam chavistas durante protesto contra sanções americanas

‘Chega de Trump’, clamam chavistas durante protesto contra sanções americanas

AFP

Aos gritos de “Chega de Trump!”, milhares de seguidores do chavismo saíram em passeata neste sábado em várias cidades da Venezuela, em um novo protesto contra as sanções comerciais que os Estados Unidos impuseram nesta semana ao governo de Nicolás Maduro.

A segunda mobilização em dois dias incluiu uma colecta de assinaturas para acompanhar um manifesto de protesto que será enviado ao secretário-geral da ONU, Antonio Guterres.

Os manifestantes, a maioria vestindo vermelho, cor do chavismo, agitavam bandeiras da Venezuela e imagens de Simón Bolívar e do finado presidente Hugo Chávez.

“Trump quer nos matar de fome, fora Trump, não te queremos aqui!”, disse Ana de Castellanos à estatal VTV, no centro de Caracas. “Vai nos matar de fome!”, proclamou a manifestante, que usava uma bandeira amarrada no pescoço e um bigode falso ao estilo Maduro.

Outras manifestações aconteceram paralelamente em estados como Zulia, Barinas e Bolívar. Uma pequena passeata ocorreu também na favela 23 de Janeiro, reduto chavista na capital, onde uma bandeira americana foi queimada.

O governo Trump anunciou nesta semana um bloqueio dos activos da Venezuela nos Estados Unidos e sanções a qualquer empresa que negociar com o governo venezuelano, a mais recente de uma série de sanções que buscam asfixiar e propiciar a queda de Maduro.

Em resposta às sanções, Maduro congelou o diálogo que mantinha com a oposição com a mediação da Noruega.

- Publicidade -
- Publicidade -

RTP homenageia Waldemar Bastos e Carlos Burity (Vídeo)

Em vida eram presenças assíduas nos programas de entretenimento da RTP, radiotelevisão portuguesa. O programa Conversas ao Sul lembrou-se disso e fez publicamente uma...
- Publicidade -

Alberto Neto: Adiamento das autárquicas em Angola é “estratégia” do MPLA

Segundo Alberto Neto, líder do Partido Democrático Angolano, ilegalizado em 2013, o MPLA sabe que não ganharia a 100% em todos os municípios. Por...

Médico recomenda retoma responsável aos treinos

A retoma aos treinos desportivos federados, a partir deste sábado, conforme decreto presidencial, deve ser feita de forma responsável, sob o risco de desvalorização...

Ministério dos Transportes substitui Viação e Trânsito na emissão de cartas de condução

O Ministério dos Transportes (Mintrans) é o novo órgão responsável pela emissão de cartas de condução no país, acção que vinha sendo feita pela...

Notícias relacionadas

RTP homenageia Waldemar Bastos e Carlos Burity (Vídeo)

Em vida eram presenças assíduas nos programas de entretenimento da RTP, radiotelevisão portuguesa. O programa Conversas ao Sul lembrou-se disso e fez publicamente uma...

Alberto Neto: Adiamento das autárquicas em Angola é “estratégia” do MPLA

Segundo Alberto Neto, líder do Partido Democrático Angolano, ilegalizado em 2013, o MPLA sabe que não ganharia a 100% em todos os municípios. Por...

Médico recomenda retoma responsável aos treinos

A retoma aos treinos desportivos federados, a partir deste sábado, conforme decreto presidencial, deve ser feita de forma responsável, sob o risco de desvalorização...

Ministério dos Transportes substitui Viação e Trânsito na emissão de cartas de condução

O Ministério dos Transportes (Mintrans) é o novo órgão responsável pela emissão de cartas de condução no país, acção que vinha sendo feita pela...

País espera poupar USD 6 mil milhões em negociação da dívida

Angola espera poupar seis mil milhões de dólares, até Junho de 2023, em negociações da dívida pública com credores dentro e fora do G20,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.