- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Seca ameaça um em quatro habitantes do Planeta

Seca ameaça um em quatro habitantes do Planeta

Euronews

Os países onde o rácio entre o volume de água utilizado e o total da água existente é muito elevado, ou seja, mais de 80%, são a casa de um quarto da população mundial e ficam, sobretudo, em África e no Médio Oriente. São regiões em elevado risco de seca, segundo o Instituto Mundial dos Recursos (WRI), num estudo publicado agora, no âmbito do programa Aqueduct.

Quase todo o Médio Oriente está na lista dos países com a situação mais grave. Países europeus como Portugal, Espanha, Grécia ou Itália estão no segundo grupo. Já no grupo com melhor situação encontramos o Brasil, o Canadá, mas também países africanos ricos em água, como Moçambique.

Entre as causas, está a cada vez maior urbanização e desenvolvimento socioeconómico, o que transformou os hábitos de consumo e fez aumentar a procura de água. Por outro lado, por culpa das mudanças climáticas, a frequência das chuvas é agora mais instável.

Os governos e as populações podem ajudar a mudar a situação, segundo um dos autores deste estudo, sobretudo através de melhores práticas agrícolas e reduzindo o consumo de produtos como a carne, muito ávidos de água. Por cada quilo de carne de vaca, gastam-se mais de 15 mil litros de água.

“As culturas de regadio representam 70% do uso de água e há muito terreno que pode ser ganho aí. Aumentar a eficiência na agricultura seria um primeiro passo lógico.

O segundo passo é investir em estruturas verdes e estruturas cinzentas. Estruturas cinzentas são as feitas pelo homem – Reservatórios, barragens, estações de tratamento de águas residuais, canalizações ou as torneiras nas nossas casas. Estruturas verdes são as naturais.

Podemos pensar no restauro das áreas húmidas e das florestas, ou num melhor uso das águas subterrâneas”, diz Rutger Hofster, co-autor do estudo do WRI, em entrevista à euronews.

Rutger Hofster dá a Cidade do Cabo como exemplo de boa gestão da crise da água: No ano passado, a cidade sul-africana esteve em risco de ter um “dia zero”, ou seja, em que a água deixaria de correr nas torneiras, mas as boas práticas e os avisos do governo evitaram o pior.

- Publicidade -
- Publicidade -

Morre Vladimir Popovic, lenda do futebol da antiga Iugoslávia

O ex-meio campo fez grande parte da sua carreira de treinador nos anos 70 na Colômbia, onde foi campeão com o Santa Fé e...
- Publicidade -

Brasil indicia polícias que balearam angolano

A Brigada Militar do Rio Grande do Sul, no Brasil, indiciou, por crime militar, os três polícias envolvidos, em Maio, no incidente que causou...

Presidente da República pede à Assembleia Nacional a reapreciação do novo Código de Processo Penal

O Presidente da República, João Lourenço, solicitou, ontem, que a Assembleia Nacional reaprecie artigos específicos do Código Penal, relacionados fundamentalmente com os crimes cometidos...

OMS discute com a Rússia nova vacina contra a Covid-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e as autoridades de saúde russas estão a discutir o processo para uma possível pré-qualificação da OMS para...

Notícias relacionadas

Morre Vladimir Popovic, lenda do futebol da antiga Iugoslávia

O ex-meio campo fez grande parte da sua carreira de treinador nos anos 70 na Colômbia, onde foi campeão com o Santa Fé e...

Brasil indicia polícias que balearam angolano

A Brigada Militar do Rio Grande do Sul, no Brasil, indiciou, por crime militar, os três polícias envolvidos, em Maio, no incidente que causou...

Presidente da República pede à Assembleia Nacional a reapreciação do novo Código de Processo Penal

O Presidente da República, João Lourenço, solicitou, ontem, que a Assembleia Nacional reaprecie artigos específicos do Código Penal, relacionados fundamentalmente com os crimes cometidos...

OMS discute com a Rússia nova vacina contra a Covid-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e as autoridades de saúde russas estão a discutir o processo para uma possível pré-qualificação da OMS para...

Pânico gerado por rumor de tiroteio causa dezenas de feridos em Cannes

Dezenas de pessoas sofreram ferimentos ligeiros na sequência de um momento de pânico gerado pelo rumor de um tiroteio na cidade francesa de Cannes. Segundo...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.