- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Cabo Verde Cabo Verde perde 14,5 ME/ano devido a doenças relacionadas com tabaco

Cabo Verde perde 14,5 ME/ano devido a doenças relacionadas com tabaco

DN|Lusa

Cabo Verde perde 14,5 milhões de euros por ano devido a doenças relacionadas com o tabaco, segundo um estudo apresentado hoje na cidade da Praia, que indica que 570 mortes podiam ter sido evitadas em 15 anos.

Promovido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Governo cabo-verdiano, o Estudo de Caso de Investimento no Controlo de Tabaco em Cabo Verde concluiu que o país perde 1,1% do seu Produto Interno Bruto (PIB) anualmente, devido a doenças relacionadas com o tabaco, correspondendo a 1,6 mil milhões de escudos (14,5 milhões de euros).

O mesmo documento concluiu ainda que 92% das perdas são produtividade económica e que apenas 8% do total das perdas económicas está relacionada com custos de saúde.

O estudo faz ainda uma retrospetiva dos últimos 15 anos e conclui que nesse período 570 mortes podiam ter sido evitadas com a implementação de seis medidas prioritárias da Convenção-Quadro da OMS para o Controle do Tabaco (CQCT).

A investigação observou que, em 15 anos, as perdas económicas evitadas devido ao controlo mais forte do tabaco foram de 6,9 mil milhões de escudos (62,5 milhões de euros).

A pesquisa deixa ainda três recomendações a Cabo Verde, nomeadamente adotar uma legislação abrangente sobre controlo do tabaco e investir na sua implementação e utilizar a nova estratégia nacional para orientar a aplicação da nova lei.

Os autores do inquérito consideram também que o país deve aumentar progressivamente os impostos sobre o tabaco, aplicando uma taxa uniforme a todos os produtos do tabaco com incremento progressivo, para reduzir a cessibilidade e aumentar as receitas.

Por fim, recomendam o reforço do controlo do tabaco para incrementar os rendimentos do setor do turismo, uma vez que grande parte da economia cabo-verdiana é derivada do turismo, considerando ainda que é fundamental a colaboração entre o Governo, as entidades do setor privado, a sociedade civil e os próprios turistas.

“Embora os custos da mortalidade prematura sejam altos, as consequências do consumo do tabaco começam muito antes da morte. À medida que os indivíduos começam a sofrer por doenças atribuíveis ao tabagismo, são necessários cuidados médicos dispendiosos para tratá-los”, disse o ministro da Saúde, durante a apresentação.

Já o representante da OMS em Cabo Verde, Tomaz Valdez, considerou que o estudo vai ser uma oportunidade de reflexão sobre os impactos das escolhas de políticas públicas assertivas no setor da saúde.

“Este estudo indica claramente que Cabo Verde perde 1,1% do seu PIB por causa do tabagismo, ou seja, ao invés de crescer a 5,5%, estaríamos as crescer a 6,6%”, notou o secretário de Estado das Finanças, Gilberto Barros.

- Publicidade -
- Publicidade -

Novo representante do Banco Mundial reúne com membros do governo angolano

O novo representante do Banco Mundial para Angola, Jean-Christophe Carret, iniciou esta segunda-feira, uma jornada de reuniões com os representantes dos ministérios da Saúde,...
- Publicidade -

Equipas apuradas para afrotaças jogam torneio

Um torneio quadrangular disputa-se na segunda quinzena de Outubro, no Estádio 11 de Novembro, envolvendo as quatro equipas qualificadas para a Liga dos Clubes...

Ex-director da Elite Models na Europa investigado por violação de modelos

A investigação está assente em denúncias feitas por mulheres entre 1980 e 1988 e que dificilmente resultará num julgamento, uma vez que os crimes...

Covid-19. Guterres diz que o mundo tem de aprender com os erros

O secretário-geral das Nações Unidas lamentou o "arrepiante" número de mortos provocados pela covid-19, que já ultrapassou um milhão em todo o mundo, e...

Notícias relacionadas

Novo representante do Banco Mundial reúne com membros do governo angolano

O novo representante do Banco Mundial para Angola, Jean-Christophe Carret, iniciou esta segunda-feira, uma jornada de reuniões com os representantes dos ministérios da Saúde,...

Equipas apuradas para afrotaças jogam torneio

Um torneio quadrangular disputa-se na segunda quinzena de Outubro, no Estádio 11 de Novembro, envolvendo as quatro equipas qualificadas para a Liga dos Clubes...

Ex-director da Elite Models na Europa investigado por violação de modelos

A investigação está assente em denúncias feitas por mulheres entre 1980 e 1988 e que dificilmente resultará num julgamento, uma vez que os crimes...

Covid-19. Guterres diz que o mundo tem de aprender com os erros

O secretário-geral das Nações Unidas lamentou o "arrepiante" número de mortos provocados pela covid-19, que já ultrapassou um milhão em todo o mundo, e...

Isabel dos Santos. Winterfell tenta impugnar nacionalização da Efacec

A Winterfell, empresa de Isabel dos Santos que controlava a Efacec, anunciou hoje ter apresentado uma ação de impugnação da decisão do Governo de...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.