- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Quase 70% dos alunos do 9.º ano chumbaram a Matemática na 2.ª...

Quase 70% dos alunos do 9.º ano chumbaram a Matemática na 2.ª fase

DN|Lusa

Quase 70% dos alunos que fizeram a prova final de Matemática do 9.º ano na 2.ª fase reprovaram, piorando face a 2018, ainda que a nota média no exame tenha subido, segundo dados oficiais hoje divulgados.

De acordo com as informações divulgadas pelo Ministério da Educação (ME), a prova final de Matemática do 9.º ano foi realizada por 2.264 alunos, cerca de menos 800 provas do que em 2018, e registou uma nota média de 29%, melhor do que os 21% do ano passado, mas com uma taxa de reprovação superior.

Este ano 67% dos alunos chumbaram a Matemática na 2.ª fase, contra os 63% de 2018.

Já na disciplina de Português a nota média baixou e entrou em terreno negativo: os 51% de 2018 baixaram para 44% este ano, a que corresponde uma taxa de reprovação de 34%.

“A 2.ª fase das provas finais de ciclo do 9.º ano de escolaridade destinou-se aos alunos que se encontravam em situação de não aprovação no ciclo. Assim, os alunos que tiveram acesso à 2.ª fase das provas finais são, naturalmente, os alunos que demonstraram maiores dificuldades ao longo do ano letivo, sendo as médias das classificações das provas finais de Português e de Matemática mais baixas relativamente aos resultados da 1.ª fase”, lê-se numa nota do ME hoje divulgada.

Na 1.ª fase, as médias dos alunos do 9.º ano nas provas finais desceram a Português e subiram a Matemática, voltando a uma média positiva, mas com uma taxa de reprovação ainda a rondar os 30%.

Matemática registou na 1.ª fase uma média de 55% e Português uma média de 60%.

De acordo com os dados do ME, as 4.925 provas finais realizadas na 2.ª fase decorreram em 1.198 escolas em Portugal e no estrangeiro, e foram classificadas por cerca de 290 professores.

- Publicidade -
- Publicidade -

Com queda na média, Brasil tem 335 mortes por Covid em 24 horas

O Brasil registrou neste domingo (27) 335 mortes causadas pelo novo coronavírus e 13.800 novos casos confirmados nas últimas 24 horas. Ao todo, mais...
- Publicidade -

Covid-19: Angola notifica 82 novos casos e 85 recuperações

O quadro estatístico nacional registou, nas últimas 24 horas, mais 82 novas infecções, quatro óbitos e 85 pacientes recuperados. Dos novos casos, segundo o secretário...

Uíge: Bloco Operatório paralisado desde a construção em 2015

O bloco operatório do Hospital Municipal do Uíge, localizado no bairro Candombe Velho, não funciona desde 2015, por falta de cirurgião, revelou ao Jornal...

Presidente Trump refuta denúncias de que pagou 750 dólares de impostos pessoais em 2016 e 2017

O Presidente Donald Trump pagou apenas 750 dólares em impostos de federais no ano em que concorreu à Presidência, 2016, e no seu primeiro...

Notícias relacionadas

Com queda na média, Brasil tem 335 mortes por Covid em 24 horas

O Brasil registrou neste domingo (27) 335 mortes causadas pelo novo coronavírus e 13.800 novos casos confirmados nas últimas 24 horas. Ao todo, mais...

Covid-19: Angola notifica 82 novos casos e 85 recuperações

O quadro estatístico nacional registou, nas últimas 24 horas, mais 82 novas infecções, quatro óbitos e 85 pacientes recuperados. Dos novos casos, segundo o secretário...

Uíge: Bloco Operatório paralisado desde a construção em 2015

O bloco operatório do Hospital Municipal do Uíge, localizado no bairro Candombe Velho, não funciona desde 2015, por falta de cirurgião, revelou ao Jornal...

Presidente Trump refuta denúncias de que pagou 750 dólares de impostos pessoais em 2016 e 2017

O Presidente Donald Trump pagou apenas 750 dólares em impostos de federais no ano em que concorreu à Presidência, 2016, e no seu primeiro...

Gâmbia: Permanência de missão da CEDEAO gera controvérsia

O prolongamento da presença da ECOMIG até 2021 na Gâmbia está a dividir opiniões. O Presidente justifica que precisa de protecção pessoal, mas cidadãos...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.