- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Congo: filho de presidente suspeito de desvio de fundos

Congo: filho de presidente suspeito de desvio de fundos

RFI | Miguel Martins

A organização não governamental britânica Global Witness publicou hoje um relatório acusando o filho mais novo do chefe de Estado do Congo, Denis Christel Sassou Nguesso, de ter desviado mais de 50 milhões de dólares dos fundos públicos em 2014.

O esquema assentaria em empresas de fachada, nomeadamente a Gabox, que na realidade seria detida por Denis Christel Sassou-Nguesso, filho do actual chefe de Estado do Congo (Brazzaville).

O governo de Brazzaville teria assinado um contrato com a empresa brasileira Asperbras que, em seguida, terá firmado um sub-contrato com a empresa cipriota do filho do estadista congolês, Gabox.

Tratar-se-ia de uma empresa onde se teria dissimulado o nome do respectivo proprietário.

No centro do escândalo volta a estar o já conhecido intermediário português que é José Veiga, que dirige a filial congolesa do grupo brasileiro Asperbras.

Ora em 2013 uma filial americana da Asperbras conclui um contrato de 675 milhões de dólares com o Estado congolês.

Este é um caso parecido com a da filha de Denis Sassou Nguesso, Claude Sassou Nguesso, que teria desviado milhões de dólares de fundos públicos na compra de um apartamento de luxo em Nova Iorque na celebrérrima Torre Trump, do actual chefe de Estado americano.

A transacção teria tido, também, como intermediário o empresário português José Veiga e que foi denunciado também pela Global Witness em Abril passado.

Mariana Abreu é pesquisadora na ong em causa e resume aqui o que se apurou neste caso que implica somas que teriam passado pelos Estados Unidos, Ilhas Virgens britânicas e seis Estados europeus, incluindo Chipre.

- Publicidade -
- Publicidade -

Portugal, país euroafricano

Portugal é há muito um país euroafricano não assumido. Vozes como a da historiadora e professora Isabel de Castro Henriques, que estudam as marcas...
- Publicidade -

Reflexões sobre o calendário escolar

Após a realização do diagnóstico sobre o rendimento do Subsistema do Ensino de Base, em 1986, os primeiros sinais de mudança de uma economia...

De números desconhecidos: Burlas por telefone na calada da noite

Edson Cadete disse que alguns amigos aconselharam-no a retomar as chamadas e outros o desencorajaram a fazê-lo. Nós últimos dias cresce o número de pessoas...

Zangam-se as Comadres, Descobrem-se as Verdades!

Empresários nacionais em 2012, segundo o Confidence News, já o denunciavam como sendo, o “homem do Presidente”. Edeltrudes Costa de seu nome, foi vice...

Notícias relacionadas

Portugal, país euroafricano

Portugal é há muito um país euroafricano não assumido. Vozes como a da historiadora e professora Isabel de Castro Henriques, que estudam as marcas...

Reflexões sobre o calendário escolar

Após a realização do diagnóstico sobre o rendimento do Subsistema do Ensino de Base, em 1986, os primeiros sinais de mudança de uma economia...

De números desconhecidos: Burlas por telefone na calada da noite

Edson Cadete disse que alguns amigos aconselharam-no a retomar as chamadas e outros o desencorajaram a fazê-lo. Nós últimos dias cresce o número de pessoas...

Zangam-se as Comadres, Descobrem-se as Verdades!

Empresários nacionais em 2012, segundo o Confidence News, já o denunciavam como sendo, o “homem do Presidente”. Edeltrudes Costa de seu nome, foi vice...

FinCEN Files. Como os grandes bancos facilitaram milhares de milhões de dólares em transferências para criminosos

Mais de dois mil relatórios bancários confidenciais obtidos pelo BuzzFeed News e partilhados com o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ), do qual...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.