- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Empresa Nacional de Pontes com perdas de 709 milhões Kz em 2018

Empresa Nacional de Pontes com perdas de 709 milhões Kz em 2018

Mercado

A Empresa Nacional de Pontes (ENP) teve prejuízos de 709 milhões Kz no ano passado, um agravamento de 65% face a 2017, indica o Relatório e Contas da companhia.

De acordo com o Relatório e Contas da companhia referente a 2018, publicado hoje em anúncio no Jornal de Angola, o resultado operacional no ano passado foi negativo em 708,8 milhões Kz, que comparam com desempenho igualmente negativo de 437,8 milhões Kz em 2017.

No ano passado, a empresa sofreu uma forte quebra nas receitas oriundas da construção de pontes, que atingiram 54,7 milhões Kz, face aos 346,2 milhões Kz em 2017.

O documento revela uma degradação do valor do activo da empresa, que passou de cerca de 6,1 mil milhões Kz em 2017, para 5,9 mil milhões Kz no ano passado.

O passivo corrente, por seu turno, aumentou 60%, para cerca de 1,38 mil milhões Kz.

A ENP passou, em Outubro do ano passado, recorde-se, do Estado para as mãos de um consórcio privado formado pelas empresas angolanas Adisandra e Feront e pela chinesa CRBG, no âmbito do processo de privatização de empresas públicas.

A alienação da empresa rendeu cerca de dois milhões USD ao Estado, num processo que envolveu o pagamento dos trabalhadores, com três anos de salários em atraso.

Os privados comprometeram-se a investir cerca de três mil milhões USD na recuperação da empresa.

- Publicidade -
- Publicidade -

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...
- Publicidade -

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Notícias relacionadas

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Inacom e parceiros criam plataforma de diálogo

O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM), as operadoras e as associações dos consumidores, decidiram, a partir desta quinta-feira, em Luanda, a criação de uma...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.