- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Desporto Futebol Supertaça: Benfica favorito versus Sporting especialista

Supertaça: Benfica favorito versus Sporting especialista

TSF | João Nuno Coelho

Os grandes vencedores da época passada, Benfica (Campeonato) e Sporting (Taça de Portugal), jogam este domingo a Supertaça Cândido de Oliveira. Neste dérbi de Lisboa disputado no Algarve, os encarnados são favoritos para a generalidade dos observadores, mas terão pela frente a equipa portuguesa com melhor rácio de vitórias na competição: oito vitórias em nove participações.

Os ingleses, que nem ligam muito à sua Supertaça (a Community Shields), chamam-lhe “the curtain raiser”, ou seja, a “subida do pano” da nova temporada. O facto de envolver as equipas mais bem sucedidas nas competições internas da época anterior faz todo o sentido, ainda mais quando, como é o caso da presente Supertaça portuguesa, as duas formações em questão venceram as três provas principais (a supertaça não é uma prova, é apenas um jogo), do futebol português: o Benfica ganhou o campeonato e o Sporting conquistou as duas taças: a de Portugal e a da Liga.

Mais do que isso, Benfica (13) e Sporting (cinco) são os clubes que mais troféus nacionais conquistaram na última meia dúzia de anos. As águias têm sido claramente dominadoras desde 2014, com cinco campeonatos ganhos em seis disputados, a que juntam três Taça da Liga, outras tantas Supertaça e duas Taça de Portugal. Já o Sporting, que em termos de campeonato tem ficado quase sempre atrás do Porto, apresenta um bom registo nas restantes competições, com a conquista de duas Taça de Portugal, duas Taça da Liga e uma Supertaça, nas derradeiras seis épocas (contra apenas três troféus ganhos pelos portistas neste período).

O favorito contra o especialista

Para o jogo do Estádio do Algarve, quase todos os analistas e comentadores consideram o Benfica favorito. Desde logo pela hegemonia que tem imposto no futebol português nos últimos anos, como já vimos, mas igualmente pela estabilidade competitiva revelada na pré-temporada, bem superior à demonstrada pelos leões, que ainda não venceram qualquer jogo (três empates e duas derrotas, sofrendo sempre dois golos em todos os encontros).

Por sua vez, os encarnados somaram quatro vitórias e uma derrota nos cinco principais encontros, com um saldo de 15-3 em golos, conquistando mesmo um importante torneio, a International Champions Cup, realizado nos Estados Unidos.

Além disso, o Benfica continua a possuir um conjunto de jogadores de maior qualidade relativamente ao Sporting – nomeadamente em termos quantitativos -, dispondo de um superior número de soluções no seu plantel. Nesse particular, basta olhar os dados relativos ao valor de mercado das duas equipas: segundo o site transfermarkt, 314 milhões de euros do plantel encarnados contra 211 milhões do leonino.

E sendo verdade que o Benfica perdeu dois jogadores importantes: João Félix, decisivo na temporada passada, e Jonas, fundamental na hegemonia recente das águias, o plantel teve reforços de peso, pelo menos em termos de custo, designadamente dois avançados: o espanhol Raul de Tomás (20 milhões de euros) e o brasileiro Carlos Vinicius (17 milhões). Ainda para mais, o jogador comprado ao Real Madrid parece estar a integrar-se muito bem na manobra coletiva encarnada, tendo apontado três golos nos principais encontros da pré-temporada.

Já o Sporting praticamente não perdeu jogadores importantes relativamente à época passada (dos habituais titulares apenas saiu Gudelj), mas continua a viver uma quase sufocante dependência de Bruno Fernandes, que certamente jogará este domingo a sua última partida com a camisola do Sporting.

Claro que o jogador cobiçado em Inglaterra, que marcou nos três últimos encontros em que defrontou o Benfica, vai querer sair do clube com mais um troféu conquistado e bem se pode dizer que a história estará do seu lado, uma vez que os leões são verdadeiros especialistas na Supertaça. Até hoje enfrentaram este desafio em nove ocasiões, vencendo oito. Curiosamente, perderam apenas na primeira tentativa, frente ao Benfica, na segunda edição da Supertaça (1980).

Se a isso juntarmos o facto de o Sporting ter vencido as três últimas finais que disputou (sempre no desempate por penáltis), perante o Vitória de Setúbal (Taça da Liga 2018) e Porto (Taça da Liga e Taça de Portugal 2019), é compreensível que os adeptos leoninos acreditem piamente na sua equipa neste tipo de jogos.

Voltando à Supertaça, os leões ganharam o troféu oito vezes consecutivas (as últimas oito…), quatro perante o Porto e duas face ao Benfica. Um registo verdadeiramente impressionante, mesmo que em termos de conquistas absolutas fique muito longe dos 21 troféus ganhos pelo Porto na Supertaça. Mas o rácio de triunfos leoninos é notável, nomeadamente quando comparado com o fraco aproveitamento do Benfica, que esteve em 20 supertaças mas apenas conquistou sete.

Apesar disso, vale a pena realçar o bom desempenho recente dos encarnados neste troféu, com três conquistas nos últimos cinco anos (2014, 2016 e 2017).

Convém ainda referir que, se é um facto que o Sporting tem mais supertaças no palmarés do que o Benfica (tendo vencido duas vezes as águias em apenas três confrontos diretos no troféu), os leões ficam bem atrás nas contas relativas a jogos entre os dois clubes que valeram troféus: dez triunfos do Benfica (oito Taça de Portugal; uma Supertaça e uma Taça da Liga), contra quatro do Sporting (duas Taça de Portugal e duas Supertaça).

- Publicidade -
- Publicidade -

Perito sugere reestruturação das Forças Armadas de Moçambique

O especialista em segurança Énio Chingotuane alerta que Moçambique reagiu tarde ao terrorismo. Por isso, defende a reestruturação profunda das Forças Armadas, mais investimento...
- Publicidade -

Covid-19: Analistas antecipam impacto desfavorável a JLo nas eleições de 2022

Analistas apontam impacto da Covid-19 como um dos constrangimentos que agravaram o mandato de João Lourenço, enquanto Chefe de Estado, marcado por exonerações, nomeações...

Três anos de Governo de JLo: Jovens mostram descontentamento nas ruas – MPLA denuncia campanhas de intoxicação

João Lourenço entra no seu 4º e último ano de mandato com o descontentamento social como uma das marcas deixadas neste período de governação...

Suíços rejeitam fim da livre circulação de pessoas com a UE

Partido populista de direita propôs revogar acordo bilateral com bloco europeu, alegando que país enfrenta "imigração descontrolada e excessiva". Criticada pelo governo, medida é...

Notícias relacionadas

Perito sugere reestruturação das Forças Armadas de Moçambique

O especialista em segurança Énio Chingotuane alerta que Moçambique reagiu tarde ao terrorismo. Por isso, defende a reestruturação profunda das Forças Armadas, mais investimento...

Covid-19: Analistas antecipam impacto desfavorável a JLo nas eleições de 2022

Analistas apontam impacto da Covid-19 como um dos constrangimentos que agravaram o mandato de João Lourenço, enquanto Chefe de Estado, marcado por exonerações, nomeações...

Três anos de Governo de JLo: Jovens mostram descontentamento nas ruas – MPLA denuncia campanhas de intoxicação

João Lourenço entra no seu 4º e último ano de mandato com o descontentamento social como uma das marcas deixadas neste período de governação...

Suíços rejeitam fim da livre circulação de pessoas com a UE

Partido populista de direita propôs revogar acordo bilateral com bloco europeu, alegando que país enfrenta "imigração descontrolada e excessiva". Criticada pelo governo, medida é...

É oficial: Rúben Dias no Manchester City por 68 M€

O futebolista internacional português Rúben Dias transferiu-se do Benfica para os ingleses do Manchester City por 68 milhões de euros (M€), que poderão ser...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.