Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Salas Neto lança obra literária “As Kassumunas do Bairro Indígena”

Filho de pais malanjinos, Gonçalves Manuel Afonso Neto, Salas Neto nasceu a 04 de Janeiro de 1960, no bairro Sambizanga, em Luanda. (DR)

Angop

“As Kassumunas do Bairro Indígena ” (Ensaio para uma autobiografia avulsa) é a nova obra literária do jornalista Salas Neto, apresentada esta sexta-feira, na Casa de Cultura Njinga Mbande, no distrito urbano do Rangel, em Luanda.

Com 117 páginas e prefácio do também jornalista Luís Fernando, o livro trás 25 crónicas que narra histórias vivenciadas ao longo do tempo pelo autor, bem como a cerca de quatro anos que se tornou invisual.

Para a jornalista Luísa Rogério, que fez a apresentação da obra, Salas Neto é reflexo das “Kassumunas” que escreveu, tendo justificado a sua afirmação, com recurso ao provérbio “O verdadeiro amigo é aquele que te avisa quando tens a cara suja”, para sustentar que assim é o autor, as vezes dolorosamente frontal e controverso, tal como os trechos inscritos no volume.

Apesar de ser polémico, a jornalista considerou o companheiro de profissão de sensível, solidário e amigo dos seus próximos.

Em declarações à imprensa, Salas Neto precisou que depois de ter ficado invisual, teve duas opções: desistir da vida ou a superação, tendo encontrado na continuidade da escrita a força para continuar a viver.

Com o apoio que ganhou de um amigo, para dominar o “braile electrónico”, que lhe permite ler e escrever no computador, afirmou que vai continuar a publicar as suas obras, estando a próxima prevista para o decurso do presente ano.

Das 25 crónicas, quatro já foram publicadas em jornais e as restantes na sua página do Facebook, onde interage com os seus seguidores.

Filho de pais malanjinos, Gonçalves Manuel Afonso Neto, Salas Neto nasceu a 04 de Janeiro de 1960, no bairro Sambizanga, em Luanda.

Iniciou a sua carreira como jornalista em 1985, na Agência Angola Press (Angop), tendo mais tarde passado por órgãos como Jornal de Angola, Correio da Semana, Folha 8, Jornal dos Desportos, Televisão Publica de Angola (TPA) e Semanário Angolense.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »