- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Inspetores da PJ fazem greve ao trabalho suplementar

Inspetores da PJ fazem greve ao trabalho suplementar

Observador|Lusa

A Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal (ASFIC), da Polícia Judiciária, inicia hoje uma greve ao trabalho suplementar por tempo indeterminado, em protesto contra a proposta governamental dos estatutos profissionais.

Num documento enviado à agência Lusa, a ASFIC diz que a decisão foi tomada na quinta-feira à tarde “em função da vontade expressa pelos inspetores nas assembleias regionais, que resultaram na não suspensão da greve, apesar da aprovação em Conselho de Ministros dos diplomas da Lei Orgânica e dos Estatutos Profissionais”.

A ASFIC anunciou em meados de julho uma greve a todo o trabalho suplementar, realizado pelos inspetores entre as 17:00 e as 9:00, a partir de sexta-feira e por tempo indeterminado.

No entanto, após a aprovação em Conselho de Ministros das novas carreiras especiais da PJ, da nova estrutura organizacional e do estatuto daqueles profissionais, a ASFIC admitia propor aos seus associados a suspensão da greve.

A decisão de marcar uma greve por tempo indeterminado foi comunicada a 18 de julho e, além da Lei orgânica e dos Estatutos Profissionais aprovados em Conselho de Ministros a 25 de julho, as questões remuneratórias foram também um ponto de discórdia com o Governo, explicou o presidente da ASFIC, Ricardo Valadas.

Diferendos salariais estão também na base da ação judicial que a ASFIC intentou contra o Estado, e que deu entrada num tribunal de Lisboa no dia 19 deste mês, para reivindicar o pagamento devido a 1.200 inspetores de parte do subsídio de risco que foi indevidamente cortado durante uma década, uma situação que foi corrigida com efeitos a janeiro de 2019.

- Publicidade -
- Publicidade -

Jovem esfaqueado em Madrid por pedir a outro para usar máscara

Um jovem de 23 anos está em estado grave depois de ter sido espancado e esfaqueado na noite de quarta-feira num bairro de Madrid,...
- Publicidade -

São Vicente negou-se a pagar prémios de 35,6 milhões USD à Garantia Seguros

Em três anos, de 2012 a 2014, a extinta AAA Seguros encaixou 351,5 milhões de dólares em prémios de co-seguros dentro do regime especial...

Cabo Delgado: Alegações de violação dos direitos humanos arrepiam Bruxelas

A Comissão Europeia considera "extremamente chocante" o relatório da Amnistia Internacional, que acusa o Exército moçambicano de atrocidades na província de Cabo Delgado. E...

Dois golos para lá dos 90′ e o Rio Ave está na 3.ª pré-eliminatória da Liga Europa

Equipa de Vila do Conde bateu o Borac Banja Luka na Bósnia por 2-0 e junta-se ao Sporting na próxima fase de acesso à...

Notícias relacionadas

Jovem esfaqueado em Madrid por pedir a outro para usar máscara

Um jovem de 23 anos está em estado grave depois de ter sido espancado e esfaqueado na noite de quarta-feira num bairro de Madrid,...

São Vicente negou-se a pagar prémios de 35,6 milhões USD à Garantia Seguros

Em três anos, de 2012 a 2014, a extinta AAA Seguros encaixou 351,5 milhões de dólares em prémios de co-seguros dentro do regime especial...

Cabo Delgado: Alegações de violação dos direitos humanos arrepiam Bruxelas

A Comissão Europeia considera "extremamente chocante" o relatório da Amnistia Internacional, que acusa o Exército moçambicano de atrocidades na província de Cabo Delgado. E...

Dois golos para lá dos 90′ e o Rio Ave está na 3.ª pré-eliminatória da Liga Europa

Equipa de Vila do Conde bateu o Borac Banja Luka na Bósnia por 2-0 e junta-se ao Sporting na próxima fase de acesso à...

Luísa Damião exorta académicos aprofundar estudo sobre Neto

A vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, exortou, nesta quinta-feira, em Luanda, os académicos a aprofundar os estudos sobre a dimensão histórica, cultural e política...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.