- Publicidade-
InicioDestaquesAngola e EUA reforçam cooperação militar

Angola e EUA reforçam cooperação militar

Angop

Questões ligadas ao reforço da cooperação militar nos domínios da protecção marítima e formação de quadros dominaram o encontro desta sexta-feira entre o ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, e uma delegação militar norte-americana.

Esta informação foi prestada à imprensa pelo chefe da delegação militar dos Estados Unidos da América, brigadeiro general Brian Gibson, que se encontra no país desde quinta-feira para uma visita de quatro dias.

Durante a visita, informou Brian Gibson, vão analisar com as entidades angolanas a implementação do programa CAPSTONE 20-1. Acrescentou que a formação militar será efectuada em academias militares dos Estados Unidos e em estabelecimentos de ensino superior.

Brian Gibson afirmou que o combate à pirataria marítima merece uma atenção especial. Nesta área, Angola e os Estados Unidos já têm rubricados vários instrumentos jurídicos.

Combate ao crime transnacional

Por seu turno, o ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, afirmou que Angola, como um dos parceiros estratégicos dos Estados Unidos em África tem adoptado mecanismos de prevenção e combate ao crime transnacional, assim como a Nigéria e África do Sul.

Estes mecanismos, avançou o ministro, estão relacionados com a imigração ilegal, terrorismo, pirataria marítima, tráfico de seres humanos, narcotráfico, elementos que colocam em risco a soberania nacional, em particular, e dos estados em geral.

Programa CAPSTONE

Angola, como um dos países a ser visitado no âmbito do programa CAPSTONE class 20-1, espera alcançar resultados que possam beneficiar ambos países.

CAPSTONE é um programa de estudo que tem como objectivo preparar os oficiais generais recém-seleccionados para responsabilidades conjuntas inter-institucionais, inter-governamentais e a nível de multinacionais.

O programa visa, igualmente, facilitar a interacção entre altos funcionários civis e militares dos EUA e do país anfitrião, integrados nas discussões sobre assuntos relacionados com à segurança nacional, regional e internacional.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.