- Publicidade-
InicioAngolaRegiõesAcidentes de moto-taxistas causam mais de 40 mortes em Cabinda

Acidentes de moto-taxistas causam mais de 40 mortes em Cabinda

A falta de perícia na condução e desobediência das regras de trânsito, por parte de moto-taxistas, estão na base de vários acidentes que causaram 43 mortes e 130 feridos, nos últimos seis meses, na cidade de Cabinda.

Esse dado foi avançado à Angop, quarta-feira, pelo chefe de Departamento de Transgressões e Acidentes da Direcção Provincial da Viação e Trânsito de Cabinda, intendente Lourenço Mandinge, que não avançou o número de mortes e feridos por acidentes de motorizadas registados no igual período de 2018.

Frisou que a má condução, desconhecimento dos sinais de trânsito e desobediência às medidas de segurança, principalmente o não uso de capacete, são as principais causas dos acidentes e mortes, provocados por moto-taxistas.

Disse que, para reverter esse cenário, a Polícia de Trânsito intensificou as acções de inspecção das motorizadas que exercem a actividade de moto-táxi, tem promovido campanhas de sensibilização para o cumprimento do código de estrada e obediência das medidas de segurança, fundamentalmente o uso do capacete, entre outras acções.

Durante o período em análise, a corporação apreendeu mais de duas mil motorizadas, que exerciam ilegalmente a actividade de moto-táxi.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.